Canais alternativos dos bancos devem ser utilizados

EDITORIAL -

Data 15/04/2020
Horário 04:30

Ontem, este periódico noticiou que Presidente Prudente possui uma das piores taxas de isolamento social, de acordo com dados do Simi-SP (Sistema de Monitoramento Inteligente de São Paulo), com adesão de 52%, quando o preconizado é de 70%. Uma das quebras mais significativas da quarentena acabou sendo observada, como também relatado por este periódico, no quinto dia útil deste mês, quando cidadãos deixaram suas casas para o saque de salários e a fim de honrar seus compromissos financeiros.

O deslocamento até as agências bancárias, no entanto, deve ser evitado nas atuais circunstâncias, uma vez que a concentração de pessoas nesses locais também pode contribuir para a transmissão do novo coronavírus, o Covid-19. Apesar de os bancos terem determinado a intensificação nas medidas de higienização das instalações bancárias, o ideal é que os clientes deem preferência aos canais eletrônicos, que podem ser um meio ainda mais prático de realizar transações bancárias e oferecem a vantagem de não precisar sair de casa.

Em sua página na internet, a Febraban (Federação Brasileira dos Bancos) enfatiza que todas as agências bancárias permanecerão abertas nesse contexto, com atendimento assegurado aos seus clientes, no entanto, a prioridade são os públicos mais vulneráveis, como o de aposentados e pensionistas que, por conta da idade, não têm a mesma facilidade de acesso aos aplicativos de bancos nos celulares.

Por isso, aqueles que podem fazer suas operações pelo aparelho móvel devem evitar o comparecimento às agências bancárias para colaborar com o atendimento a esses grupos mais vulneráveis. A Febraban destaca que, por meio da internet, os usuários podem fazer com segurança o pagamento de contas, consulta de saldos e extratos, transferências financeiras, agendamento de pagamentos e contratação de serviços e empréstimos, entre outros. Em caso de saque, estes mesmos cidadãos podem se deslocar até os bancos em horários alternativos aos de funcionamento, como no período noturno, quando as agências normalmente estão vazias.

Adotando esses e outros cuidados, todos certamente estarão contribuindo para evitar filas desnecessárias em bancos e fortalecer o período de distanciamento social, tão necessário para que os índices de proliferação da doença diminuam e, com isso, todos possamos retomar nossas rotinas normalmente. Nunca a tecnologia se fez tão necessária como nos tempos presentes e devemos utilizá-la a nosso favor e para a nossa própria segurança.

Veja também