O mundo vai sair dessa mais unido e mais forte!

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 14/04/2020
Horário 04:39

Estamos em uma pandemia. Um cenário triste que tem tirado o sossego de muitas pessoas. Tem gerado discussões em grupos de amigos e familiares. Muitos confundem a realidade com política, mas a verdade é uma só: ninguém sabe direito o que vai acontecer. Há previsões, possibilidades, preparações. Mas, o que de fato vai acontecer, é uma incógnita.

As gerações aqui presentes jamais se depararam com tamanho problema. Os profissionais da saúde lutam para salvar vidas, enquanto pesquisadores buscam, incansavelmente, por medicamentos e vacinas capazes de curar o invisível aos olhos.

Há pessoas que tentam se isolar o máximo que podem, se cuidam, enquanto outras, aproveitam as lives para se reunir com os amigos e “burlar” a quarentena tão exigida pelos órgãos de saúde. Há quem implora pra ficar em casa. Há quem não vê a hora de poder abrir seu comércio.

E todos, cada qual com sua versão, tem sua razão. Não podemos tirar a razão de quem precisa se isolar e quer se proteger. Não podemos tirar a preocupação do comerciante que precisa abrir seu empreendimento.

Porém, algo compartilhado nas redes sociais – em meio a tanta bobagem e fake news – fez sentido. “Quando um problema não tem solução, elegemos um culpado, um inimigo, um vilão. Não! A culpa não é do prefeito! Não! A culpa não é do governador! Não! A culpa não é do presidente! Nem dos médicos, nem dos economistas e nem do ministro da Saúde”. Estão todos com a mesma sensação de impotência e preocupação, pois é algo novo que atacou o MUNDO. Não tem para onde fugir. Fomos pegos de surpresa sem manual de procedimentos. Cada um acha uma coisa, mas ninguém tem certeza de nada.

Quem pode, fique em casa o máximo possível. Pare de trocar xingamentos nas redes sociais, nas conversas de amigos. Faça sua parte e cuide de seus familiares. O inimigo da vez não pode ser visto e isso é o que causa mais pânico. É chegado o momento de união. O mundo tem dado exemplos de solidariedade e empatia. Todos vão sair dessa. Mais guerreiros e fortes do que nunca!

Veja também