Divulgação: Produção trará lembranças da infância e adolescência de Ayrton Senna, em Tocantins; direção e roteiro serão feitos pelo prudetino Vicentini Gomez

Foto: Divulgação: Produção trará lembranças da infância e adolescência de Ayrton Senna, em Tocantins; direção e roteiro serão feitos pelo prudetino Vicentini Gomez

VICENTINI GOMEZ

Prudentino dirige documentário sobre Ayrton Senna

Projeto está em fase de captação de recursos, pesquisa e desenvolvimento do roteiro e será finalizado em 2020 em tempo das comemorações dos 60 anos do piloto

  • 25/06/2019 05:50
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

O filme “Ayrton Meninices no Coração do Brasil”, com 75 minutos de duração, do gênero documentário ficcional, contará as histórias, fatos, causos e lembranças da infância e adolescência de Ayrton Senna, dos tempos em que passava as férias na fazenda dos pais e sua convivência com os moradores da região. Neste período – o da meninice - Ayrton conquistou e deixou muitos amigos, admiradores e fãs. Muitos destes homens e mulheres, hoje, “velhos” da terra, guardam memórias vivas do privilégio que tiveram da convivência do menino. Somando todas estas histórias, o prudentino Vicentini Gomez trará vida ao ídolo antes mesmo dele chegar os pódios mundiais.

A produção, que contará com fatos inéditos da história do piloto, acontecerá em Tocantins, na região em que ele convivia. Segundo o diretor Vicentini Gomez, o documentário irá mostrar as belezas naturais do local, além de trabalhar a história de Ayrton. “Vamos trabalhar o folclore, as lendas, as músicas regionais e dessa forma o filme terá uma importância vital para o Estado, pois vamos falar da beleza e da cultura do povo tocantinense”. O diretor acrescenta que no momento, foi feita uma pesquisa preliminar, que já contém encaminhamento e argumento pré-desenvolvido. Além disso, posteriormente contará com o apoio da família, que já está sabendo sobre o filme, para buscar alguns dados, fotos e informações.

O documentário dividirá a narrativa entre os depoimentos dos “velhos da terra”, anônimos e notórios, amigos, imprensa e do meio automobilístico, com reconstituição de cenas com atores representando fatos e histórias narradas pelos recordadores, sobretudo, nos tempos em que vivia suas férias no norte de Goiás, hoje estado do Tocantins. Segundo Vicentini, ainda não se sabe quem interpretará Ayrton Senna nas telinhas, mas por retratar a infância e adolescência, vão selecionar atores mirins, e também na fase de 10 a 15 anos. Para tanto, diz que já tem até ideia de quem poderá ser, mas que dependerá da disponibilidade de televisão, além dos testes de elenco. Somando a tudo isso, entra os relatos de testemunhas reais de pessoas que conviveram com Senna. “Esses depoentes não serão somente os anônimos, também pegaremos depoimento de pessoas notórias que conviveram com o Senna nesse período e depois vamos parar o filme exatamente quando ele começou fazer sucesso”.

 

A sensibilidade

O diretor reforça que o filme tem um interesse mundial e que a produção vai contar uma parte da história de Senna que pouca gente sabe, afinal, muitos conhecem somente o campeão. “Vamos contar um pouco da infância dele, das dificuldades motoras que ele tinha, das peraltices que aconteceram durante criança e vamos revelar uma parte da história do Senna, que se não corrermos agora, ela ficará pedida na memória dessas pessoas que daqui a pouco não estarão mais conosco. Então, ela tem uma importância vital para o conhecimento do grande ídolo, Ayrton Senna”, destaca.

Vicentini pretende trabalhar o filme com muita delicadeza e emoção para falar do grande piloto. “Ele era, indiscutivelmente, meu grande ídolo. Então, estou fazendo uma coisa que vai além do trabalho técnico e de especialização cinematográfica. Eu estou fazendo uma coisa do coração para homenagear alguém que tive uma grande admiração” declara.

O diretor conta que a ideia da realização do filme é um sonho antigo do jornalista Goianyr Barbosa e que agora está somando na construção. O projeto aprovado pela Ancine (Agência Nacional do Cinema) está em fase de captação de recursos, pesquisa e desenvolvimento do roteiro e será finalizado em 2020 em tempo das comemorações dos 60 anos de Ayrton.

FICHA TÉCNICA

 

Ayrton Meninices no Coração do Brasil

Direção e roteiro           Vicentini Gomez

Formato                       Longa Metragem

Duração                       75 minutos

Gênero                         Documentário ficcional

Tema                           Resgate Histórico

Produção                      Palha & Cia – Casa de Criação