Em destaque Religião e pesca atraem milhares de visitantes

 12/11/2017  - ANDRÉ ESTEVES - Da Redação

A A A

O turismo religioso é outra atividade forte na região. Uma das mais marcantes está em Santo Expedito, que, no mês de abril, atrai uma média de 80 mil pessoas em virtude das comemorações voltadas ao padroeiro da cidade, aponta o Plano Diretor de Turismo da cidade.

Já em Piquerobi, a movimentação maior fica por conta da celebração de Corpus Christi, que, neste ano, recebeu mais de 12 mil visitantes. Entre as tradições do evento, está a confecção dos tapetes, para os quais são utilizadas toneladas de granilhas tingidas de várias cores.

Martinópolis, por sua vez, abriga as torres da Cerâmica Martins, que, conforme a Assessoria de Imprensa da Prefeitura, foi um dos ícones do desenvolvimento da cidade, além da Igreja de Santa Bibiana, descrita como “protetora dos males da cabeça”. A construção é considerada a única que homenageia a santa no Brasil.

 

Pesca

Em Pauliceia, por sua vez, o ponto forte é a pesca. Segundo a diretora de Turismo e Cultura, Inês Teresinha Nicola, a cidade recebe, durante a baixa temporada, uma média de 500 turistas, número que chega a dobrar na alta temporada. Os visitantes são atraídos pela grande variedade de espécies de peixes, esportes náuticos, descanso e eventos como o Torneio de Pesca de Tucunaré. Entre os pontos turísticos destacados, estão o Rio Paraná, o Balneário Municipal e a Ponte Mário Covas. Para abrigar essa população, o município dispõe de 15 pousadas, dois hotéis no centro da cidade e mais de 200 ranchos e casas de veraneio.

Comentário