Fentepp Teatro chama atenção de público na Nove de Julho

 12/11/2017  - IVE CAROLINE - Da Reportagem Local

A A A

Muita diversão, cores, bonecos gigantes e, é claro, muita história. Durante a manhã de ontem, o espetáculo infantil “O Gigante e O Dragão” reuniu desde os pequenos até os grisalhos amantes da arte, durante apresentação na Praça Nove de Julho, em Presidente Prudente. A peça, encenada pelo Núcleo Artístico Galatéia, de Belo Horizonte (MG), é parte da programação do 23º Fentepp (Festival Nacional de Teatro de Presidente Prudente). Apresentações e atividades culturais oferecidas pelo evento seguem até o dia 19 de novembro.

A peça conta a história de um grande homem, na estatura, é claro, que está na cidade e não se importa com o intenso fluxo presente nela. Este gigante, com cara de bravo e andar “pesado”, como aqueles que fazem barulho quando pisam. Ele parecia assustar, porém, o que este homem realmente queria era conseguir pegar uma borboleta colorida que passa voando entre os postes das ruas. Ele só não esperava uma coisa: encontrar um dragão adormecido, que desperta com sua chegada.

Ao lado das três filhas, a dançarina Ana Cristina Lima, 28 anos, se divertiu com o teatro de bonecos, e até apelidou o dragão junto com as gêmeas, de 2 anos, e a mais nova, que completou 1 ano de vida. O apelido? Difícil explicar a mistura de letras que as meninas inventaram, porém, o sorriso ao verem a movimentação dos personagens demonstra a alegria que a arte despertou.

“Eu me formei em dança na Suíça e cresci em um ambiente de cultura e arte, por isso, quero que minhas filhas tenham esta mesma criação e contato. É algo muito importante, que, com certeza, vai acrescentar na vida delas enquanto cidadãs de bem. Este espetáculo é lindo e as três ficaram muito entusiasmadas ao verem os bonecos gigantes”, conta a mãe.

E não foram só os pequenos que se encantaram com a montagem. A aposentada Helena Carolina Martins Marrey, 14 anos, relatou que “participa do Fentepp anualmente, pois ele oferece para a população acesso a lindos espetáculos” e, finalizou que “valeu a pena sair de casa e ir até a praça conferir todas as cores que a peça desperta”.

 

Programação

A grade de programação do Fentepp, além dos espetáculos, também foi ampliada em sua 23ª edição e incluiu atividades paralelas que reúnem cinema temático, com filmes que tratam em sua linguagem sobre o teatro, além de dança, música e outras ações culturais. Confira no box a programação de hoje e amanhã.

 

DOMINGO

 

TEATRO

“Cabras – Cabeças que voam, cabeças que rolam” – Cia Teatro Balagan (SP)

Nas 20 crônicas independentes do Cabras, a guerra é o tema central. A vingança, o ethos guerreiro, o inimigo, os conflitos parentais, o nomadismo são narrados ou cantados por vozes humanas, de animais e, ainda, vozes de seres (a natureza, objetos), que revelam suas perspectivas, delimitam o território e a aventura de estar fora dele.

Hoje, às 20h, no Teatro Paulo Roberto Lisboa – Centro Cultural Matarazzo. Classificação: 12 anos.

 

OFICINAS

“Poesia Urbana”

Exemplos de expressões poéticas presentes nas cidades, jogos de criações de narrativas, expressão corporal e oral, técnicas de formação da poesia, improvisações e rimas. Ao final, exposição e/ou publicação em redes sociais dos trabalhos desenvolvidos sobre a cultura do rap. Orientação: Lorena Troqueti e Diogo Santos;

Oficina: segunda, das 10h às 12h e das 14h às 16h, no Auditório Sebastião Jorge Chammé – Centro Cultural Matarazzo;

Sarau: terça, às 21h30, no Boulevard, "Os Sombras e os Temperamentais" – Centro Cultural Matarazzo;

“Da Organização à Comunicação do Corpo Contemporâneo”

A partir de estudos do autor que norteiam um cruzamento entre o corpo e a técnica em qualquer linguagem, e da necessidade atual de reconhecimento e entendimento da estrutura biomecânica, esse encontro objetiva aplicar procedimentos de reeducação corporal e percepção das estruturas funcionais de seu corpo. Desta forma, ocorre o despertar para o movimento mais autônomo e interligado com seus espaços (interno e externo), seguindo para a comunicação corporal através de técnicas e do pensamento de dança contemporânea.

Orientação: Emerson Euzébio

Público-alvo: Interessados em geral a partir de 14 anos;

Até o dia 16, sábado a quarta, das 17h às 20h, na Sala 4 – Centro Cultural Matarazzo.

Fonte: Fentepp

Comentário