Maio, noivas e mães

opiniao

| Luiz Kazuo Komoda

Tradicionalmente, maio é o mês das noivas e também das mães. Elas nascem, crescem e, ao atingir idade apropriada, tornam-se noivas e, após a gestação, tornam-se mães. O assunto “noiva e mãe” tem essa ordem na Bíblia Sagrada: primeiramente a noiva Eva foi levada pelo próprio Deus Pai a Adão. Depois se tornou mãe: “E chamou Adão o nome de sua mulher Eva; porquanto era a mãe de todos os viventes”, diz Gênesis 3:20.

Após isso vieram todos humanos e as mulheres, sejam ou não, noivas e mães. Os filhos e filhas de Adão e Eva obedeceram ao “crescei e multiplicai-vos”, resultando nos 7,6 bilhões de habitantes atuais na Terra. Desse contingente, eu e minha esposa Elenade passamos pelo “status” de noivo e noiva antes de casarmos em 2009. Eu cumpri o estabelecido pelo Deus Criador: “Portanto deixará o homem o seu pai e a sua mãe, e apegar-se-á à sua mulher, e serão ambos uma só carne”, relata Gênesis 2:24.

Nem todo pai recebe o amor dos filhos, mas mãe sim, os filhos mais “desnaturados” respeitam e tem afeto por aquelas que os pariram e cuidaram (ou não) desde tenra infância. O Dia das Mães tem mais prestígio, é maior o volume de vendas de presentes e maior a visitação aos cemitérios do que no Dia dos Pais. Já as noivas mobilizam muita gente e energia para o casamento.

A noiva bíblica, aquela descrita em Apocalipse 21:2, a Igreja bíblica, cujo Noivo Cristo vem buscar, mobilizará a maior logística jamais vista, Jesus e todos os anjos: “Porque o Filho do homem virá na glória de seu Pai, com os seus anjos; e então dará a cada um segundo as suas obras”, cita Mateus 25:31. Os salvos por Jesus “serão sacerdotes de Deus e de Cristo, e reinarão com ele mil anos”, como afirma Apocalipse 20:4-6.

Esses salvos eternos examinarão os livros que mostram presenças e ausências no céu e as razões disso. “Reinar mil anos” é o período do juízo no céu. Na Terra, Satanás, sozinho, não terá a quem tentar por mil anos: “Ele (Deus) prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o Diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que não mais engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo”, relata Apocalipse 20:2-3. Após isso, ocorrerá a terceira vinda de Jesus: “E destes profetizou também Enoque, o sétimo depois de Adão, dizendo: Eis que é vindo o Senhor com milhares de seus santos”, diz Judas 1:14.

Então será o juízo dos perdidos, feito diante dos justos: “E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha. E subiram sobre a largura da terra, e cercaram o arraial dos santos e a cidade amada; e de Deus desceu fogo, do céu, e os devorou”, diz Apocalipse 20:7-9. Essa será a destruição de Satanás e todos ímpios. Após eles reconhecerem seus pecados, a justiça e juízo perfeito de Deus: “Para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra”, enfatiza Filipenses 2:10.

Então Jesus implantará a Nova Jerusalém: (Apocalipse 21:1-3). Em breve, nessa Nova Terra, eu e você, viveremos com o Nosso Irmão, Amigo e Rei dos reis, Jesus Cristo. Seremos 100% eternos, perfeitos e felizes, porque cremos, assumimos isso e vivemos (noivos, pais, filhos), preparando-nos para a segunda vinda de Jesus. Todos os dias, de mães e filhos, serão felizes. Está escrito na Bíblia Sagrada. 

 

Comente com o editor

Estilo do Site
  • Luz
  • Alto Contraste