19 de maio de 2017 às 15h08 - Esporte
Imprimir
RSS

Corinthians pega o Talentos 10 na estreia da Taça

por PAULO TAROCO-Especial

VISIBILIDADE Organizadores da competição mudam formato de disputa e agregam atrações aos jogos na busca por mais público

 

A partir do próximo dia 24 de junho, 20 equipes de futebol profissional, distantes da realidade vivida pela minoria das equipes tradicionais dos grandes centros do país, iniciarão a luta não somente por um título, mas por oportunidades e dias melhores no cenário do futebol nacional. Neste dia será iniciada a segunda edição da Taça Paulista da 1ª Divisão, campeonato organizado em 2016 pela LFP (Liga de Futebol Paulista), que agora chama LFN (Liga de Futebol Nacional Brasil).

Corinthians de PP treina forte para a estreia do dia 25 de junho

Único representante da região na Taça Paulista deste ano, uma vez que a Ranchariense, atual campeã da competição, abriu mão de participar por questões administrativas, o Corinthians de Presidente Prudente treina forte para a estreia do time, marcada para o dia 25 de junho, às 14h, contra o Talentos 10, em Marília. O primeiro jogo do time em Presidente Prudente está marcado para a segunda rodada conjunta do torneio, no dia 9 de julho, às 14h, diante do Vila Nova, de Santa Cruz do Rio Pardo.

O técnico da equipe, Samarone de Oliveira, falou sobre a preparação do elenco, que hoje conta com 30 jogadores e ainda passará por testes até a estreia. “Temos um amistoso e alguns jogos treinos até a estreia, a preparação seguirá forte até a estreia”. Ainda hoje, a equipe prudentina aguarda a chegada do atacante Romário, que disputou o Campeonato do Distrito Federal da Primeira Divisão deste ano, pelo Santa Maria.

 

A Liga

Fora de campo, as mudanças na organizadora da competição não se restringem apenas à nomenclatura. Ao mudar o nome de LFP para LFN, a Liga visa ampliar sua atuação para outros Estados, ainda que caminhe independente e paralelamente aos torneios organizados pelas federações estaduais, mas trabalha junto à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) pelo reconhecimento da entidade.

Neste ano, os campeonatos serão organizados nas categorias sub-12, sub-14, sub-16, sub-19 e profissional. Na categoria profissional, onde está também o Corinthians de Presidente Prudente, único representante da região esse ano, estão também outras 18 equipes do Estado de São Paulo, e mais uma do Paraná, o Cambará.

Algumas dessas equipes da categoria profissional têm tradição e história pelo interior do Estado, como o São Bento, de Marília, União Suzano e o Sãocarlense. Entretanto, a maioria delas fez no ano passado, ou fará neste ano, a primeira aparição no futebol profissional, como no caso da Vai-Vai, equipe formada pela tradicional escola de samba paulistana.

 

Mudanças

A direção da Liga também passou por mudanças. A advogada Gislaine Nunes, uma das organizadoras da fase inicial, saiu da presidência e deu lugar interinamente a Luciano Duarte. “Foi uma perda muito significativa para nós, mas, devido a uma série de compromissos pessoais e profissionais, a doutora Gislaine não pode seguir, deixando para nós uma grande contribuição”, disse o presidente interino.

O formato das disputas também passou por mudanças. A partir de 2017, as rodadas serão divididas e jogadas em sede fixas. Para o grupo 1, composto por Peruíbe, Leões (de Tietê), Aliança (de Salto), Sãocarlense, Raça (de Hortolândia), Caieiras, Matão, Independente (de Mogi-Guaçu), União Suzano e Vai-Vai, os jogos serão realizados em rodadas conjuntas, aos finais de semana, nas cidades de Matão, Salto, São Carlos e Suzano, alternadamente. No grupo 2, composto pelo Corinthians de Presidente Prudente, Franca, Cambará, Bebedouro, Vila Nova (Santa Cruz do Rio Pardo), Delta (Campo Limpo), Montealtense, São Bento, Grêmio Bela Vista (Rio Claro) e Talentos 10 (de Bauru), os jogos serão realizados, também de maneira alternada em rodadas conjuntas, aos finais de semana, em Presidente Prudente, Marília, Franca, Monte Alto, Bebedouro e Santa Cruz do Rio Pardo.

Além dessa mudança, os jogos contarão com eventos agregados às partidas, como concursos de miss, shows artísticos, eventos para as crianças e food trucks, nos arredores dos estádios. “Estamos inovando, mesmo sabendo das dificuldades no cenário atual, esportivo e econômico. Precisamos fazer, inovar e oferecer algo novo para o público”, analisa Luciano Duarte.

A primeira fase do torneio vai até o dia 22 de outubro. A final está marcada para 12 de novembro. O campeão e o vice de 2017, juntamente com os de 2016, participarão de um torneio de 25 dias, ainda em 2017, onde também serão convidadas equipes de outras regiões do país, como Nordeste e Centro-Oeste.