15 de dezembro de 2013 às 09h41 - Região
Imprimir
RSS

Depois de 50 anos, citricultores ganham indenização na Justiça

por Iury Greghi-DA REDAÇÃO

Com a mudança, cada família conquistou o direito de receber a sua parcela individual sobre o valor estipulado, de acordo com a quantidade de pés erradicados.

 

No fim da década de 50, a região de Presidente Prudente ficou marcada pela proliferação do cancro cítrico, doença que atinge os pés de laranja e de outras espécies cítricas, causando a queda dos frutos e folhas. Para evitar que a praga se alastrasse ainda mais, pomares inteiros foram devastados por uma erradicação em massa. A atitude tomada pelo governo federal foi contestada pelos produtores, que moveram uma ação coletiva com pedido de indenização pelos danos causados às plantações. O processo tramitou em todas as instâncias do Judiciário por quase 50 anos, até ser concluído em 2008, garantindo a indenização de R$ 64 milhões aos 194 citricultores incluídos na ação.  ————— ASSINE E VEJA ESTA MATÉRIA NA INTEGRA

—————