Polícia Rodoviária apreende fardos com diversos produtos do Paraguai

Duas pessoas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Federal e responderão pelo crime de descaminho

REGIÃO - ROBERTO KAWASAKI

Data 24/03/2021
Horário 11:36
Foto: Polícia Militar Rodoviária
Segundo a polícia, as mercadorias foram todas adquiridas no Paraguai
Segundo a polícia, as mercadorias foram todas adquiridas no Paraguai

Diversos produtos de origem estrangeira foram apreendidos na noite de ontem, durante fiscalização na Rodovia Raposo Tavares (SP-270), em Presidente Venceslau. Duas pessoas foram conduzidas à Delegacia de Polícia Federal e autuadas por descaminho.

O flagrante ocorreu em frente à base operacional da Polícia Militar Rodoviária, no momento em que policiais do TOR (Tático Ostensivo Rodoviário) desenvolviam a Operação Interior Mais Seguro. Na ocasião, a abordagem foi a um ônibus de linha interestadual.

De acordo com a 2ª Companhia de Policiamento Rodoviário, o coletivo havia saído de Campo Grande (MS) e seguia à capital paulista. Durante o procedimento de vistoria no bagageiro externo, os militares encontram fardos com diversas mercadorias.

Devido à identificação dos proprietários nas bagagens, logo os policiais conseguiram abordar dois passageiros.

Os investigados, um homem de 23 anos e uma mulher de 50 anos, informaram que haviam saído de Nova Alvorada do Sul (MS). Como não apresentaram documentos fiscais referentes às compras dos produtos, ficou confirmado que se tratava do crime de descaminho.


Polícia Militar Rodoviária - Passageiros não apresentaram documentos fiscais de compra

Segundo a polícia, as mercadorias foram todas adquiridas no Paraguai, sendo: 

  • 3.120 essências de narguilé sabores diversos;
  • 6 aparelhos celulares de duas marcas;
  • 6 caixas de som;
  • 700 relógios;
  • 800 kits de maquiagem;
  • 381 jaquetas; 
  • 600 óculos;
  • 100 controles de videogame;
  • 1.800 baterias de celular.

Após o flagrante, a dupla foi conduzida à Delegacia de Polícia Federal em Presidente Prudente. Depois de prestarem depoimentos, os dois passageiros foram liberados e responderão ao processo em liberdade. 
 

Veja também