“Almoxarifado será criado”, diz prefeito

Segundo o chefe do executivo, o desejo era criar com o apoio da Câmara, por meio de uma lei

PRUDENTE - WEVERSON NASCIMENTO

Data 19/06/2019
Horário 08:03

Em sessão ordinária na noite de segunda-feira, na Câmara Municipal de Presidente Prudente, o Projeto de Lei 843/17, que dispõe sobre a criação do Almoxarifado Central e inserido na estrutura administrativa do Município, junto à Secretaria Municipal de Finanças, com a finalidade de coordenar todos os materiais, controle de estoque e de manutenção de veículos automotores municipais, e revoga a Lei Municipal nº 8.060, de 5 de fevereiro de 2013. (PL nº 54/2019), foi rejeitado pela casa de leis e encaminhado para arquivo.

Em entrevista divulgada hoje por este periódico, o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PTB) relata ter ficado “impressionado” porque alguns vereadores não aprovaram a criação, por lei, do almoxarifado central. “Mas eu digo o seguinte, apesar disso, de não ter tido a colaboração de alguns vereadores, nós vamos criar do mesmo jeito”.

Segundo o chefe do executivo, o desejo era criar com o apoio da Câmara, por meio de uma lei.  “Nós vamos criar esse almoxarifado por decreto, é uma questão administrativa. Agora eu lamento muito, porque ele vai garantir mais economicidade e eficiência para o poder público, além de transparência. Eu não compreendo essa postura”. De acordo com o Departamento de Comunicação da Câmara, após empate no número de votos, o projeto foi encaminhado para arquivo.

Veja também