Polícia Militar - Autores foram conduzidos à Central de Flagrantes

Foto: Polícia Militar - Autores foram conduzidos à Central de Flagrantes

SÃO GABRIEL

Pai e filho são presos por tentativa de homicídio

Rapaz de 19 anos afirmou que efetuou “alguns disparos” de arma de fogo apenas para “assustar” um conhecido

  • 22/02/2020 08:31
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

A Força Tática da Polícia Militar prendeu, na noite de sexta-feira, dois homens por disparo de arma de fogo e tentativa de homicídio no Jardim São Gabriel, em Presidente Prudente. Os acusados são pai e filho, 42 e 19 anos.

Era por volta de 22h quando a polícia foi acionada para comparecer ao endereço. No local, encontrou apenas o pai. Perguntado sobre seu filho, negou que ele estivesse no imóvel. No entanto, foi localizado em uma residência ao lado.

De acordo com a polícia, ele saiu com as mãos na cabeça dizendo: “perdi, senhor, perdi, senhor”.

Durante a abordagem, informou ter adquirido a arma de fogo com seu pai pelo valor de R$ 5 mil, e que a mesma estava escondida em um tronco de árvore não muito distante. Ele apontou o local para os militares, que encontraram o revólver calibre 357 contendo cinco cápsulas deflagradas e uma intacta.

Ainda, havia mais 31 munições de mesmo calibre íntegras, envoltas em uma meia.

MOTIVAÇÕES NÃO

ESCLARECEDORAS

No decorrer da ocorrência chegaram outros policiais, que informaram que o pai também estava com o filho no momento dos disparos. Em depoimento aos militares, o rapaz relatou que efetuou “alguns disparos” de arma de fogo apenas para “assustar” um conhecido devido a furtos de botijão de gás que vitimou a avó.

No entanto, o pai do acusado afirmou que a confusão surgiu durante a disputa de pipas, há algum tempo.

Já as outras cinco pessoas, vítimas dos disparos, informaram que estavam em frente da casa onde moram quando os acusados desceram de duas bicicletas, momento em que foram efetuados três disparos em direção a eles. Ainda, houve outros dois disparos para o alto.

Não houve feridos.

Consta no boletim de ocorrência que foi encontrada uma perfuração provocada por disparo, bem como um projétil amassado. Policiais civis estiveram no local e encontraram um orifício com um projétil de arma de fogo no muro da casa de uma das vítimas.

Pai e filho foram conduzidos à Central de Flagrantes da Polícia Civil onde permanecem em cárcere, no aguardo da audiência de custódia.