Arquivo - Quem se sentir lesado pode buscar auxílio diretamente no Procon

Foto: Arquivo - Quem se sentir lesado pode buscar auxílio diretamente no Procon

Procon dá dicas para aproveitar descontos

Órgão alerta para práticas irregulares que os vendedores podem tentar aplicar durante a Black Friday

  • 29/11/2019 06:02
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

A Black Friday chegou com seus descontos e oportunidades para os consumidores. Porém, muitos oportunistas podem tentar enganar os clientes, e por isso a Fundação Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor) traz algumas dicas para se prevenir e aproveitar ao máximo o dia de descontos.

Segundo Thaianne Santiago Olimpio, coordenadora do Procon em Presidente Prudente, as principais recomendações são “pesquisa de preços antes e durante a promoção, para verificar se estão realmente compensando”. “Também, visando o consumo consciente, o consumidor deve se perguntar se é necessária a aquisição do produto, e não apenas consumi-lo por estar em promoção”.

A coordenadora ainda destaca que os clientes podem efetuar denúncias se detectarem propagandas enganosas. “Neste caso, é bom que tenham ‘prints’ ou comprovantes do preço antes e depois da promoção”, recomenda Thaianne. Ela acrescenta que uma das principais práticas ilegais cometidas pelos comerciantes é não cumprir a oferta apresentada.

NÃO VALE TROCAR

NA BLACK FRIDAY?

Aquela tradicional plaquinha “não trocamos produtos da promoção” não é valida na Black Friday. Thaianne explica que, “mesmo em promoção, caso o produto apresente algum problema, poderá ser reclamado, se dentro do prazo de garantia”.

COMO RECLAMAR

DE IRREGULARIDADES?

O Procon existe para garantir os direitos dos consumidores. Se você se sentir lesado por comprar algum produto em Presidente Prudente e quiser efetuar uma denúncia pode ir diretamente ao Procon, na Rua Júlio Tiezzi, 220, Bairro do Bosque, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h, ou pelo site www.proconpp.sp.gov.br. Se você é residente de outra cidade, deve procurar o Procon local, ou acessar o site da Fundação Procon SP www.procon.sp.gov.br.