Região soma 4 casos positivos e duas mortes confirmadas de Covid-19

REGIÃO - THIAGO MORELLO - Da Redação

Data 06/04/2020
Horário 19:38
Arquivo - Região tem 297 casos suspeitos da doença, sendo 10 mortes em investigação Foto: Arquivo - Região tem 297 casos suspeitos da doença, sendo 10 mortes em investigação

De acordo com o Ministério da Saúde e o Governo do Estado de São Paulo, no mês de abril, é quando o pico do novo coronavírus, que transmite o Covid-19, deve ocorrer. Ao longo do final de semana e ontem, as primeiras notificações já mostraram indícios aqui na região, reflexos dos exames que estão parados na capital paulista, com o IAL (Instituto Adolfo Lutz), mas que começam a ter retorno. Cidades confirmaram mais casos suspeitos, mortes, registros positivos da doença e também suspeitas descartadas.

PRESIDENTE

PRUDENTE

Na capital do oeste paulista, a situação está da seguinte forma: 227 notificações, sendo 186 casos suspeitos (21 hospitalizados, com seis em estado grave), outros 40 que foram descartados e, no sábado, a Prefeitura confirmou o primeiro registro positivo da doença, em uma jovem de 23 anos. Segundo o Executivo, ela está bem e cumpriu o isolamento necessário. Já no dia seguinte, domingo, três mulheres que estavam hospitalizadas com suspeitas de Covid-19 foram a óbito. Ontem, mais dois homens que estavam na mesma situação morreram. Isso contabiliza sete óbitos suspeitos investigados pelo município.

VENCESLAU

E RANCHARIA

Na manhã de ontem, a Secretaria de Saúde de Presidente Venceslau, por meio da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), confirmou os dois primeiros casos positivos para Covid-19. Um deles também é a primeira morte em decorrência de infecção pelo novo coronavírus, no qual trata-se de uma mulher de 62 anos de idade. Ela é uma das quatro pessoas que esteve no evento religioso, na capital paulista, como noticiado por este diário.

Enquanto em Rancharia, com dados positivos, o município tem seis casos suspeitos da doença, no entanto, descartou que a morte do adolescente de 16 anos, até então investigado, tenha sido causada pelo Covid-19. Os exames do IAL deram negativo.

NOVA ALTA

PAULISTA

Em Adamantina, a Secretaria Municipal de Saúde informou que o caso positivo de munícipe internado em Osasco (SP), confirmado pelo Estado na sexta-feira, não será direcionado ao município. “O caso não será contado para Adamantina, já que o paciente não contraiu o vírus no município”, completa. E um dos quatro casos do município suspeitos da doença no local foi descartado.

Já em Dracena, o resultado do exame do idoso de 64 anos que morreu na cidade deu positivo para Covid-19. O Executivo já havia confirmado a situação com testes feitos na rede particular, mas aguardava a contraprova do Estado. No sábado de manhã, outro idoso morreu com suspeitas da doença. O resultado dos exames para confirmar ou descartar o cenário ainda não chegaram.

SALDO REGIONAL

Com isso, a região tem o seguinte saldo: 297 casos suspeitos; quatro confirmações positivas, sendo duas mortes; 53 descartados; e 10 mortes suspeitas. Os casos investigados estão divididos em 30 cidades. São elas: Adamantina (3), Alfredo Marcondes (2), Caiabu (1), Dracena (3), Euclides da Cunha Paulista (3), Iepê (8), Lucélia (1), Mariápolis (1), Martinópolis (10), Mirante do Paranapanema (7), Nantes (1), Narandiba (16), Osvaldo Cruz (1), Ouro Verde (1), Pacaembu (2), Panorama (3), Piquerobi (1), Pirapozinho (5), Presidente Epitácio (7), Presidente Prudente (186), Presidente Venceslau (13), Rancharia (6), Regente Feijó (2), Rosana (8), Sandovalina (2), Santo Anastácio (3), Taciba (3), Tarabai (1), Teodoro Sampaio (3), e Tupi Paulista (1).

Veja também