Publicidade
eixosp

Santa casa de Anastácio cria Centro de Triagem

Container instalado em frente ao hospital será o primeiro destino dos pacientes; casos suspeitos da Covid-19 serão encaminhados para um consultório exclusivo para a doença

REGIÃO - MARCO VINICIUS ROPELLI

Data 24/05/2020
Horário 04:12
Aline Martins - Container está instalado em frente à santa casa; todos os pacientes passarão pela triagem Foto: Aline Martins - Container está instalado em frente à santa casa; todos os pacientes passarão pela triagem

Amanhã entra em funcionamento a triagem de pacientes na Santa Casa de Misericórdia de Santo Anastácio, com o objetivo de dar mais segurança aos munícipes que vão em busca de auxílio médico no hospital, e de forma a garantir mais conforto, visto que os pacientes, desde o início dos casos da Covid-19 em Anastácio, aguardavam o atendimento nas rampas de entrada do local, evitando aglomerações na recepção.

A triagem será realizada em todos os pacientes com qualquer doença, sejam sintomas gripais ou não. O local será um container instalado em uma área de estacionamento, logo em frente à santa casa. O rito será o seguinte: o doente deve primeiro ir ao container, onde será recebido por um técnico em enfermagem, devidamente paramentado, que identificará se os sintomas indicam uma síndrome respiratória ou qualquer outra doença: neste momento, o paciente será identificado por cores, a depender de seu estado de saúde.

Após a triagem, todos aguardarão em bancos em frente ao hospital até serem chamados para atendimento por outro técnico, que estará sempre a postos na porta de entrada do hospital. Os pacientes com sintomas gripais, indicativa de suspeita do novo coronavírus, serão destinados ao consultório 1 (que só atenderá casos do tipo). Todas as demais doenças serão atendidas no consultório 2. Ambos consultórios possuem distância física segura um do outro.

As informações são da administradora da santa casa, Erika Dias. Segundo ela, a mudança no protocolo de atendimento não gera custos extras à administração do hospital, cujo provedor é Luiz Infante, isto porque, os funcionários serão apenas remanejados e o container é um oferecimento da empresa anastaciana Sementes Facholi.

IDEALIZAÇÃO

DA TRIAGEM

Foi o diretor clínico do hospital, o médico Sicerley Casado, quem teve conversas com a empresa, que se prontificou a ajudar no momento delicado. Anastácio, até a manhã de ontem, contabilizava dois casos confirmados, um óbito e um caso suspeito da Covid-19.

A divisão de consultórios, na realidade, já estava sendo utilizada para os dois tipos de doenças (respiratórias ou não), mas, como já mencionado, a necessidade de os pacientes aguardarem na rampa para o atendimento ainda incomodava os administradores pela falta de conforto. “Quando os sintomas são gripais, permitimos a entrada de apenas uma pessoa por vez na recepção, quando são outras doenças, até duas, visto que conseguimos mantê-las em distanciamento”, pontua Erika.

Quanto à espera do lado de fora da santa casa, a administradora explica que há uma tenda, além dos bancos que são parte da praça do hospital, e garante que funcionários estarão sempre atentos para que não haja qualquer tipo de aglomeração. Por enquanto, inclusive, ela afirma haver tranquilidade neste quesito, visto que não há, até então, grande fluxo de doentes no local.

Veja também