É possível ser feliz no trabalho?

Já me fizeram a pergunta do título várias vezes e a resposta que ofereço é sempre a mesma: sim! Talvez boa parte daqueles que fazem esta pergunta tenha motivos para duvidar desta possibilidade: falta de identificação com a função que executa ou com a empresa em que trabalha, relacionamentos interpessoais cheios de conflitos, sensação de incompetência para atingir resultados e por aí em diante. Não existe “receita pronta” para a felicidade, mas ainda assim existem alguns aspectos que podem ser levados em consideração quando da busca pela felicidade no trabalho.
O primeiro deles é a autonomia, ou seja, a vontade de se sentir no controle da própria vida e tomar as próprias decisões sobre o que, como, com quem e quando fazer algo. Na verdade, ela está ligada a 4 T’s: tarefa, tempo, time e técnica. No ambiente de trabalho, a pessoa se sente mais feliz quando tem autonomia para definir sua tarefa, o tempo de execução, o time que irá trabalhar com ela e o domínio das técnicas que serão necessárias para se alcançar o objetivo.
O segundo é o domínio (empoderamento) das pessoas para trabalharem com as habilidades que ela tem ou desejam ter. O estágio ideal para motivar as pessoas é aquele em que elas precisam usar sua capacidade para ir além do seu limite atual. Em uma situação como essa você tem a sensação de “espera aí, eu sei fazer isso, eu consigo!” e você não percebe as horas passarem, tamanho o nível de concentração. Superar o desafio passa a ser a motivação. Os cientistas chamam esse estágio de “flow” (fluxo).
O terceiro é o propósito. Quando trabalhamos por um motivo maior que “ganhar dinheiro” ou “ser promovido” e sabemos que nosso trabalho faz diferença, passamos a dedicar toda a nossa energia. Não que dinheiro não importe. É ele que garante as condições básicas de vida e conforto. Mas a partir daí, dinheiro não é suficiente para motivar. 
Saiba que a felicidade no trabalho não acontece do dia para a noite, mas é provável que se você considerar a autonomia, o domínio e o propósito como seus direcionadores, os bons resultados virão.


 

Veja também