Publicidade

Árbitra prudentina reestreia no Brasileirão Feminino

Liliane Galindo está escalada como 2ª assistente na partida entre Corinthians e Ferroviária, no dia 26, pela 5ª rodada da 1ª fase da competição: “muita alegria em voltar a bandeirar”

Esportes - THIAGO MORELLO

Data 20/08/2020
Horário 07:45
PriFiotti - Prudentina já possui experiência no Brasileirão, desde 2019 Foto: PriFiotti - Prudentina já possui experiência no Brasileirão, desde 2019

A árbitra prudentina Liliane Galindo está escalada como segunda assistente para os próximos jogos do Campeonato Brasileiro Feminino. A partida, que ocorre no da 26 de agosto, marca a reestreia dela na competição, após o interrompimento motivado pela pandemia da Covid-19. Nesta rodada, que é a quinta do torneio, ela entra em campo para acompanhar o jogo entre o Corinthians e o Ferroviária, de Araraquara (SP).
O confronto vem em atraso, já que as rodadas tiveram de ser adiadas. Contudo, como dito, marca a reestreia em campo desde então. E de acordo com Liliane, apesar de ser “tranquilo”, pelo fato de ano passado já ter trabalhado “bastante no Brasileiro Feminino”, poder retornar ao trabalho é algo a se felicitar. “É gostoso de trabalhar”, avalia a técnica, sobre o Brasileirão.
E esse momento era esperado desde março, quando os adiamentos ocorreram. À reportagem, a prudentina conta que toda a equipe ansiava pela volta do futebol. “Mesmo que ainda não está como queríamos, tudo controlado, há muita alegria em poder voltar a bandeirar em um jogo”, completa.

O trabalho ao longo da pandemia

Durante o período de isolamento social, a árbitra manteve a rotina normal, isto é, treinando de forma isolada, para manter a preparo físico em ordem, além das jornadas de estudos aplicadas pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) “E também o preparo mental dado pelo pilar psicológico. Nesse contexto atual, é muito necessário para manter vivo nossos sonhos para esse ano ainda”, reflete.
Liliane acrescenta que possui um treinador e reitera que continuou com “os trabalhos duros” antes de qualquer possibilidade de volta, já prevendo o momento. “Agora já temos datas, estamos mais focados e com o coração alegre pelo retorno”, frisa.
Questionada sobre próximos confrontos, a profissional lembra que existe todo um protocolo a ser seguido. E como o primeiro jogo do retorno é o mais próximo dela, “certeza que sairá mais escalas logo logo”, finaliza.

 

Veja também