13ª Festa do Milho será dia 5 de dezembro em Santo Expedito

Turismo Religioso - JOSÉ COSTA

Data 16/11/2021
Horário 04:15
Foto: Divulgação
13ª Festa do Milho, evento já tradicional em Santo Expedito
13ª Festa do Milho, evento já tradicional em Santo Expedito

No dia 5 de dezembro, será realizada em Santo Expedito a 13ª Festa do Milho, um evento já tradicional e que é considerado integrante das programações turísticas da cidade. Uma grande promoção que visa difundir aquela cultura e, ao mesmo tempo, angariar fundos para as obras do santuário. Também por R$ 10 o interessado, além de participar da festa, pode adquirir um cupom para concorrer a vários prêmios, dentre eles, um Xsara Picasso (usado), uma churrasqueira, uma sela de montaria, uma bicicleta e um micro-ondas. Os sorteios serão realizados no dia 5, às 18h, com transmissão pelas redes sociais do santuário.

Retorno
Os turistas já estão aos poucos retornando às visitas no santuário para acompanhar as obras, como também na Igreja de Santo Expedito para as missas dominicais das 10h. Embora seja uma celebração especial para os romeiros e devotos, ela poderá ter a participação de quaisquer fiéis, tanto da cidade, como pessoas em trânsito.

Registros
Vários e distintos são os motivos das pessoas chegarem a Santo Expedito. Algum pedido especial para conseguirem passar por um momento de dor, adversidade, calamidade ou agradecer por uma graça recebida. Enfim, a crença, a fé no poder da "intercessão" do santo junto a Jesus Cristo move essas pessoas. Em 2017 o Jornal O Imparcial, que sempre está junto na luta do turismo na cidade de Santo Expedito, divulgou algumas notas. Nesta coluna reportamos algumas delas a seguir, apenas para relembrar:

Três amigos
Três amigos empresários, José Antonio, 44 anos, Alexsander Reis, 28 anos, e Ademar Fernandes, 34 anos, chamavam a atenção na fila da igreja para adoração ao mártir. Com mochilas nas costas e lavados de suor, os amigos confirmavam no relógio as 12h43 minutos de caminhada a pé de Junqueirópolis até colocarem os pés na matriz. Este é o terceiro ano consecutivo que os amigos fazem o percurso para pagar uma promessa ao santo.

Uma das causas
"O filhinho do Ademar se engasgou e passou um longo período, 28 dias, na UTI [Unidade de Terapia Intensiva]. Fiz então o pedido a Santo Expedito que o tirasse dali bem! Quando ele saiu falei com o Ademar o que havia prometido. Durante cinco anos faríamos este caminho. E como sempre fomos muito amigos, aqui estamos!", diz José Antonio.
 
O poder da fé
Não há um devoto que não mencione o poder de Santo Expedito! E não importa a distância, eles fazem questão de vir agradecer as graças recebidas. Sebastião Vitoriano, 65 anos, pegou o ônibus em Presidente Prudente e chegou à cidade pouco antes de começar a missa das 15h. "É a primeira vez que venho. Não sei explicar porque, apenas senti no meu coração que deveria vir", ressaltou o prudentino.

Pedidos
De Santo Anastácio, a auxiliar de enfermagem Patrícia Frizarin Sipriano, 32 anos, foi dizer "muito obrigada" ao santo, acompanhada do esposo, do casal de filhos e de sua mãe. "Ele é um santo muito milagroso e há sete anos nossa família está aqui para agradecê-lo. Certa vez, estava desempregada, pedi sua ajuda e logo estava trabalhando. Agora, meu esposo é quem está precisando da mesma graça. E cremos, seremos ouvidos", pontuou Patrícia.

Rosas para agradecer
Com lindas rosas vermelhas nas mãos, a também auxiliar de enfermagem Rosa Conceição Moreira da Silva, 58 anos, veio de um pouco mais longe, de Bataguassu (MS), com o marido. "Nossa devoção se tornou ainda mais forte quando, há 10 anos, meu esposo, além de desempregado, se encontrava muito doente. Primeiro ele começou a vir, depois passei a acompanhá-lo e todos os anos precisamos estar aqui para agradecer. E as rosas são apenas um gesto de amor a Santo Expedito", acentuou a mato-grossense.

Momento de reflexão
O advogado Felipe Angelo de Sousa, 27 anos, saiu às 5h30 de Caiuá no Domingo de Páscoa com mais 84 pessoas e passo a passo, dia e noite, o Grupo Os Peregrinos de Caiuá chegou a Santo Expedito para festejar o dia do santo milagroso. Conforme Felipe, durante o caminho, por meio de louvores, palestras, dinâmicas reflexivas é possível refletir sobre como está a caminhada diária de cada um. "Achamo-nos, na maioria das vezes, autossuficientes e, durante o trajeto, percebemos que sentimos dores, que precisamos da ajuda e também ajudar o outro. Seja com uma palavra de incentivo, um gesto de solidariedade, um apoio... Então podemos nos questionar: se podemos ser solidários durante a caminhada, porque não durante todos os nossos dias?", frisou o advogado, devoto de Santo Expedito.

Fé em trovas
Santo Expedito é o caminho
Pra levar pedidos meus
Ele entrega a Jesus e,
E este entrega pra Deus! 
(José Costa)

Veja também