Ação da Polícia Civil fecha 'biqueira' de drogas na Cohab 

Alvo da investigação é um homem de 51 anos, preso em flagrante após policiais encontrarem crack em sua residência 

PRUDENTE - ROBERTO KAWASAKI

Data 31/05/2021
Horário 08:57
Foto: Polícia Civil
Apreensão ocorreu no sábado, após diversas denúncias
Apreensão ocorreu no sábado, após diversas denúncias

Policiais civis da 2ª Dise (Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes), da Deic-8 (Divisão Especializada de Investigações Criminais), prenderam em flagrante um homem de 51 anos por tráfico de drogas, em Presidente Prudente. A ação ocorreu no sábado, em uma “biqueira” no bairro Cohab.

Segundo a Polícia Civil, o alvo já estava sendo monitorado há três semanas. Isso porque denúncias anônimas davam conta de que o indivíduo realizava a venda de entorpecentes no local, mais precisamente, comércio voltado ao crack.

Devido às informações, os policiais montaram pontos de observações nas proximidades. Durante o período em que estiveram no bairro, constataram a veracidade das denúncias, e ainda conseguiram registrar imagens que comprovam a movimentação de compra e venda de drogas. 

“Em pouco tempo de observação, foi visualizado pelos policiais movimentação típica de tráfico de drogas, onde foi repassado à equipe de apoio que uma usuária com uma pequena bolsa mão teria acabado de sair da casa do indiciado e descido sentido bairro”, explica a 2ª Dise.

A mulher foi localizada e abordada pelos policiais. “Indagada se havia entorpecente consigo, afirmou positivamente, que estava dentro da pequena bolsa e que teria adquirido com o indiciado”, afirma.

Ainda conforme a polícia, a mulher disse que pagou R$ 20 pela pedra, e que, há mais de dois meses em que usa o entorpecente, já adquiriu diversas vezes a droga do indivíduo alvo da ação.


Polícia Civil - Homem foi detido em sua residência, após abordagem a uma usuária de drogas

Apreensão na casa

Os policiais foram ao endereço do acusado, onde ele foi encontrado. Durante as buscas, os policiais civis localizaram uma porção de crack debaixo de um vaso de planta, envolta em um saco banco; várias pedras de crack e saquinhos recortados contendo resquícios de crack dentro de um recipiente de cor marrom, o qual estava sobre a estante.

Ainda, apreenderam mais três pequenas pedras dentro de uma capa de CD de cor preta, também no mesmo móvel que fica no quarto do indiciado. 

Enquanto os policiais faziam as buscas, chegou outro usuário no local com o objetivo de adquirir entorpecentes. O homem, segundo a Dise, é convivente da usuária anteriormente abordada.

“Indagado sobre o fato, afirmou aos policiais que realmente é usuário e estava no local para adquirir crack, pois não aguentou esperar sua esposa, devido a fissura que estava em consumir o entorpecente”, explica.

Os três abordados foram conduzidos à delegacia especializada, onde somente o alvo permaneceu preso. O casal de usuários foi ouvido e liberado. 

Veja também