Ação da Polícia Civil resulta na prisão de suspeito de tráfico e receptação

Em residência no Jardim Brasilândia havia drogas, dinheiro e vários objetos cuja a origem não foi comprovada

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 02/10/2020
Horário 12:59
´Polícia Civil - Abordagem ocorreu em imóvel no Jardim Brasilândia, em Dracena ´Polícia Civil - Abordagem ocorreu em imóvel no Jardim Brasilândia, em Dracena Imagem: ´Polícia Civil - Abordagem ocorreu em imóvel no Jardim Brasilândia, em Dracena

Na quinta-feira, a Polícia Civil prendeu um homem de 34 anos por suspeita de tráfico de drogas e receptação no bairro Jardim Brasilândia, em Dracena. Na casa dele houve apreensão de entorpecentes, dinheiro e vários objetos sem origem comprovada.

Conforme a polícia, após denúncia os agentes foram verificar informações de que o suspeito estivesse praticando tráfico de drogas em sua residência, inclusive, com a permissão de que usuários fizessem o consumo dentro do imóvel – uma forma de garantir “maior segurança”. 

Ainda de acordo com a denúncia, além de dinheiro, o suspeito também receberia objetos furtados como forma pagamento das drogas que comercializava. 

Durante o trabalho de campo, os policiais conseguiram visualizar que no quintal da residência haviam diversas peças de bicicletas, aparentemente um desmonte. Já na área externa, havia uma câmera de monitoramento instalada. 

Ao ser abordado, o indivíduo negou qualquer origem ilícita de bicicletas, e permitiu a entrada dos policiais no quintal, inclusive que poderia vistoriar dentro da casa.

Drogas e dinheiro

No entanto, quando os policiais entraram na residência, observaram que sobre a mesa havia um prato com resquícios de drogas, bem como um papelote de crack.

No mesmo cômodo foram encontradas duas embalagens plásticas de doce, usualmente utilizadas para acondicionar drogas. Dentro de uma delas havia cerca de R$ 470; já a outra embalagem estava vazia, porém com cheiro característico de crack. 

Em prosseguimento a busca, dentro de um colchão infantil foi localizada uma pedra grande crack, porção que seria fracionada para revenda.

Ainda dentro da casa foram encontradas duas bicicletas, uma máquina de serra, um cortador de grama, alguns secadores de cabelos, prancha de secagem de cabelo, além de vários produtos de beleza e perfumes. 

No local, o homem alegou que aqueles objetos teriam sido ganhos de amigos, porém não soube informar os nomes dos tais amigos.

Flagrante delito

Ao término das buscas, a ocorrência foi apresentada na DIG/Dise (Delegacia de Investigações Gerais/Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes). Conforme a polícia, foi verificado que a máquina de serra possuía registro de furto. Em contato com a vítima, a mesma reconheceu o maquinário. 

Os demais objetos apreendidos ficaram a disposição na delegacia para reconhecimento de possíveis vítimas de furto, ou da documentação que comprove sua ilicitude.

O homem preso já possuía antecedente criminal por crime de furto.
 

Veja também