Alunos de instituições de ensino conveniadas terão gratuidade nos cursos da Inova

São contemplados estudantes da Unesp, Fapepe, Unoeste, Toledo, Fatec e Etecs Arruda Mello e Professor Doutor Antonio Eufrásio de Toledo

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 10/12/2021
Horário 14:00
Foto: Fundação Inova
Proposta da fundação é destinar até 50% das vagas aos estudantes de instituições conveniadas
Proposta da fundação é destinar até 50% das vagas aos estudantes de instituições conveniadas

A partir deste mês, as instituições de ensino que possuem convênio assinado com a Fundação Inova Prudente poderão beneficiar seus estudantes por meio de inscrições gratuitas nos cursos que são oferecidos pelo local.

Atualmente, são conveniadas a FCT/Unesp (Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Estadual Paulista), Fapepe/Uniesp (Faculdade de Presidente Prudente da União Nacional das Instituições de Ensino Superior Privadas), Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), Toledo Prudente Centro Universitário, Fatec (Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo), Etec (Escola Técnica Estadual) Professor Adolpho Arruda Mello e Etec Professor Doutor Antonio Eufrásio de Toledo.

Segundo o diretor da Inova, Diego Andreasi, nesse primeiro período de execução, a proposta é destinar até 50% das vagas para os estudantes dessas instituições conveniadas.

Como irá funcionar

Para ter direito à gratuidade nas inscrições, é necessário que o estudante anexe seu atestado de matrícula do ano vigente ao final da página de inscrição do respectivo curso. Em seguida, o documento será analisado pela equipe administrativa da Inova.

Após a fundação atestar a validade, o estudante receberá um email com a confirmação da inscrição. “O processo está quase todo automatizado, o que proporciona maior segurança e facilidade para ambas as partes”, afirma o diretor.

Para participar dos cursos de forma gratuita, basta o aluno entrar no site www.inovaprudente.com.br/eventos e enviar o atestado de matrícula no momento de finalizar sua inscrição.

Ao longo dos próximos meses, a intenção é que mais convênios de cooperação técnica sejam firmados, aumentando o número de beneficiados pelo programa.

Veja também