Arrastão de limpeza

José Vicente

COLUNA - José Vicente

Data 17/11/2021
Horário 03:33

Uma verdadeira operação contra os mosquitos transmissores de doenças como Aedes aegypti, palha e os animais peçonhentos, principalmente escorpiões, foi desencadeada desde o dia 8 de novembro devendo continuar até o dia 19 próximo. Embora tenha sido esquecida, em virtude da pandemia, a dengue não deixou de existir, e tem acometido muitas pessoas nos últimos meses. Vários bairros receberam a visita dos funcionários, entre eles, Jardim Coroados, Vila Garcês, Jardim Primavera I e II, Centro e dias 18 e 19 o arrastão deve ocorrer no Amélia Ribeiro I, II e III. É importante que as famílias indianenses participem juntando todo tipo de lixo que possa se transformar em criadouros de pernilongos, e coloquem nas calçadas em frente de suas residências, para facilitar a coleta.

CAMINHÃO-TANQUE
A Prefeitura de Indiana adquiriu um tanque móvel, com capacidade para 4 mil litros, que deverá ser utilizado em benefício da população, principalmente em épocas de estiagem. Todo o trabalho do tanque poderá ser voltado principalmente aos logradouros públicos, levando a água aos canteiros de flores e plantas ornamentais.

RODEIO CONFIRMADO
Confirmado pelo poder público o Rodeio de Indiana, que está previsto para março de 2022, coincidindo com a data de aniversário do município, dias 17, 18 e 19. O local ainda não foi designado, porém, ao que tudo indica, deverá ocorrer no Estádio Capitão Whitaker.

OBRA ABANDONADA
O que deveria ser motivo de orgulho, uma grande obra, uma creche de proporções imensas num local privilegiado, principalmente às famílias com crianças, transformou-se em um elefante branco. A construção foi iniciada há mais de 10 anos na esquina das ruas Marechal Deodoro com Valentim Gentil e o que era sonho transformou-se num pesadelo, pois o local está sendo usado por desocupados que fazem uso de drogas e esconderijo de produtos de furtos. Não entendemos o desinteresse dos políticos em deixar que aquele patrimônio inacabado permaneça não servindo para absolutamente nada. Os prejuízos aos cofres públicos de Indiana são enormes, muito material ali empregado, muito trabalho, paralisada do dia pra noite, sem justificativa. E quem perde mesmo mais uma vez é nossa população. Seria de bom alvitre que nossos vereadores e nosso prefeito se manifestassem publicamente através de uma sessão da Câmara Municipal sobre essa triste realidade. 

CRIANÇAS INDÍGENAS
As imagens mostradas no programa Fantástico da TV Globo no último domingo foram chocantes, não só para o Brasil, mas para o mundo todo. Crianças yanomamis desnutridas, sujeitas a vários tipos de doenças, inclusive malária, estão abandonadas e os pais na maioria também afetados pela fome, miséria, e falta de assistência médica, largadas à própria sorte. Não há um posto de saúde, um hospital, e sobrevivendo às duras penas em locais infectados, sem água potável, sem nenhum recurso. Muitas crianças já morreram e outras estão abandonadas sem que a tribo possa salvar esses pequenos indígenas. O mais grave é que os rios próximos estão contaminados por substâncias tóxicas através do garimpo ilegal. Os garimpeiros invadem as terras dos yanomamis matando indígenas e animais.

CONSCIÊNCIA NEGRA
No próximo sábado, 20 de novembro, comemoramos o Dia da Consciência Negra, uma data bem apropriada para uma reflexão profunda sobre o papel do negro em nossa sociedade. O Dia da Consciência Negra entrou para o calendário nacional através da Lei 10.639/2003 tornando obrigatório o ensino de história e cultura afro brasileira em todas as escolas brasileiras. Todo planejamento escolar deve incluir o estudo da história e cultura afro brasileira. No Dia da Consciência Negra comemora-se também o Dia de Zumbi. Nos Estados Unidos a data de 19 de junho é dedicada ao fim da escravidão naquele país.

QUILOMBOS CERTIFICADOS
No Brasil existem 1.838 quilombos certificados, ou seja, todos reconhecidos e com documentos fornecidos pela Fundação Palmares, o que garante às famílias quilombolas regularização territorial junto ao Incra (Instituto Nacional de Reforma Agrária). Isso garante aos quilombolas acesso de transferência da renda e segurança alimentar como a distribuição de alimentos que hoje contempla 114 mil pessoas de 35 mil famílias quilombolas. Os direitos aos remanescentes dos primeiros quilombos estão garantidos pela Constituição Federal, em seu artigo 68.

COMO SURGIRAM OS QUILOMBOS
Por volta de 1670 cerca de 60 mil escravos já haviam fugido das fazendas, formando as primeiras comunidades escondidas e bem fortificadas no meio das matas. Esses primeiros quilombos surgiram em terras dos Estados da Bahia, Alagoas, Minas Gerais, Pernambuco, Goiás, e Mato Grosso. Sobreviviam da caça, pesca e pequenas plantações de mandioca. O Quilombo de Palmares liderado por Zumbi ganhou destaque por ter enfrentado as forças comandadas por fazendeiros. Os quilombolas tiveram um papel preponderante buscando a dignidade e o renascimento da cultura africana trazida da África para o Brasil. Zumbi morreu lutando em nome da liberdade dos negros. 

EM TEMPO
Não procure saber as perguntas, mas, sim, compreender as respostas. (Confúcio)

Veja também