Câmara cobra da Semob mais agilidade para solucionar crise do transporte coletivo

Titular da pasta e interventor da concessionária deixaram cópias do contrato emergencial a ser celebrado com nova empresa após possível rompimento do atual contrato

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 04/11/2021
Horário 16:57
Foto: AI Câmara
Reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira, no plenário da casa de leis
Reunião ocorreu na manhã desta quinta-feira, no plenário da casa de leis

Os vereadores da Câmara Municipal de Presidente Prudente cobraram da Semob (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana e Cooperação em Segurança Pública) mais agilidade para a solução dos problemas do transporte coletivo que diariamente afetam a população prudentina.

As cobranças feitas ao chefe da pasta, Luiz Edson de Souza, e ao interventor da concessionária do sistema, Manoel Silva Félix da Costa, ocorreram na manhã desta quinta-feira, em reunião informal no plenário da casa de leis.

A reunião foi realizada após solicitação dos próprios vereadores em decorrência dos últimos acontecimentos, como os 19 ônibus apreendidos pela Justiça nesta semana, que gerou inúmeros dissabores para a população prudentina, como falta de ônibus e veículos que ainda transitam precários e completamente lotados.

Os parlamentares cobraram rápida solução para o contrato e reiteraram os apontamentos já feitos pela Câmara Municipal, como a necessidade de recisão contratual com a atual concessionária do serviço de transporte público. Além disso, pediram informações sobre as diversas linhas de ônibus que estão desfalcadas, em que pese o retorno das atividades comerciais e as aulas da rede pública de ensino.

Outro ponto questionado, que novamente focou na cobrança de agilidade na condução do processo, foi a publicação do decreto nº 32.493/2021, que prorrogou a intervenção no transporte coletivo até o dia 3 de dezembro, ou seja, por mais um mês.

Tanto o secretário como o interventor realizaram suas explicações sobre os assuntos abordados e se comprometeram a proporcionar soluções para a comunidade prudentina o mais breve possível e, ainda, deixaram cópias com os vereadores das linhas e da minuta do contrato emergencial a ser celebrado com uma empresa após o possível rompimento do atual contrato.

Convite

O convite para o chefe da Semob, Luiz Edson de Souza, estar presente na Câmara Municipal na manhã desta quinta-feira foi feito pelo presidente da casa de leis, vereador Demerson Dias (PSB). O documento foi lido e encaminhado ao secretário na sessão ordinária desta quarta-feira.

No documento, foram mencionadas as ações anteriores da Câmara realizadas desde 2017, quando da formalização do contrato entre o município e a concessionária.

"Apesar das recentes ações do poder público, a empresa tem perdido seguidamente ônibus de sua frota por meio de ações judiciais, prejudicando a comunidade que precisa do transporte público”, destacou o parlamentar no ofício.

O pedido da presença do secretário foi para prestar esclarecimentos aos vereadores e, "consequentemente, para a população que estes representam". Cabe ressaltar que o transporte coletivo é um serviço essencial previsto na Constituição Federal, na Lei Orgânica do Município e em legislação própria.

Veja também