Câmara Municipal de Prudente suspende atendimento presencial

Servidores e vereadores continuam com trabalho interno; sessões ocorrerão sem público

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 25/01/2021
Horário 09:09
Foto: Arquivo

Com o retorno da região para a Fase 01 – Vermelha do Plano São Paulo de combate à Covid-19 (Coronavirus Disease 2019), a doença causada pelo novo coronavírus, a Câmara Municipal de Presidente Prudente suspende o atendimento presencial ao público nos gabinetes parlamentares a partir de hoje.

Sessões Ordinárias e Extraordinárias que venham a ocorrer até o dia 7 de fevereiro serão realizadas com restrição de acesso do público, sendo transmitidas ao vivo pela internet, através da página oficial da Câmara Municipal e no canal do YouTube - www.youtube.com/tvcamaradepresidenteprudente.

O acesso às sessões será restrito aos vereadores e servidores públicos, autoridades e aos profissionais de veículos de imprensa autorizados pela presidência.

Os resultados das sessões continuarão a ser amplamente divulgados, em obediência aos princípios de transparência, no site oficial da Câmara Municipal e nas redes sociais.

Além disso, caso haja audiências públicas a serem realizadas pela Câmara Municipal, estas serão conduzidas através de videoconferência até o dia 7 de fevereiro. Dessa forma, serão transmitidas ao vivo pela internet, pela TV Câmara, podendo ser acessada em dia e horário previamente agendados, sendo também gravadas e disponibilizadas para acesso posterior na plataforma.

Expediente em home office

O horário de expediente dos servidores da Câmara Municipal é mantido, das 8h às 17h, com intervalo para almoço. Entretanto, serão alocados em jornada laboral em modo de teletrabalho (home office) os servidores que se enquadrarem nas seguintes hipóteses: 

  • com 60 anos de idade ou mais; 
  • gestantes e lactantes; 
  • portadores de deficiências; 
  • em tratamento oncológico que estejam realizando radioterapia ou quimioterapia; 
  • portadores de cardiopatia crônica; 
  • portadores de diabetes; 
  • insulinodependentes; 
  • portadores de doenças pulmonares crônicas; 
  • portadores de insuficiência renal crônica; 
  • portadores de HIV; 
  • portadores de doenças autoimunes, imunodeficientes ou imunodepressivos; 
  • portadores de cirrose hepática.
     

Veja também