Publicidade

Carim adota Praça das Cerejeiras

PRUDENTE - PEDRO SILVA

Data 12/12/2019
Horário 07:45
Pedro Silva - Entidade está pintando as instalações da praça para revitalizá-la Foto: Pedro Silva - Entidade está pintando as instalações da praça para revitalizá-la

Com o objetivo de integrar a população na preservação das áreas públicas, a Prefeitura de Presidente Prudente lançou no dia 16 de agosto o programa “Adote uma Praça”, que disponibiliza praças e canteiros para adoção. Quase quatro meses após o lançamento, o programa teve baixa adesão da população. Até o momento, segundo o secretário municipal de Meio Ambiente, Wilson Portella Rodrigues, somente a Praça das Cerejeiras foi adotada pelo Carim (Associação de Apoio ao Paciente Renal Crônico e Transplantado), e cinco outros casos estão sob análise da pasta.

Ainda conforme Portella, 20 canteiros centrais já foram adotados, porém não foram divulgados quais especificamente. “Apesar da ajuda da população, a responsabilidade do local ainda é da Prefeitura, como na limpeza, por exemplo”, explica o secretário. Ele pontua que a maior parte dos casos em análise para novas concessões parte de empresas e entidades como o Carim.

RESSIGNIFICAÇÃO

DO ESPAÇO

Decidimos adotar a praça, primeiro por ela ser muito bonita, e por conta da nossa sede estar tão próximo dela. E também porque percebemos que ela necessitava de mais cuidados”, comenta Elaine Almeida, assistente social do Carim. Ela destaca a importância em tomar certa responsabilidade de espaços públicos. “Além dos cuidados, também proporcionaremos um lugar agradável para as pessoas que passam por aqui e até aos moradores que residem próximo”.

Segundo Elaine, a entidade utilizará o local para atividades artísticas com os assistidos, campanhas de prevenção a doenças e ao meio ambiente, e também como um espaço para atividades ao ar livre, “e outras ações que possam trazer benefícios à população”, completa.

A entidade está reformando a praça juntamente com a Prefeitura. Elaine pontua que os cuidados com a vegetação e a troca das lâmpadas do local foram feitos pelo poder publico, enquanto a pintura está a cargo da associação.

A aposentada Ivete Costacurta, 62 anos, é moradora de São Paulo, e comenta que acha a ação muito importante, pois “isso ajuda na manutenção, e não fica só a cargo da Prefeitura”. “No bairro da Pompeia, onde eu moro, os condomínios geralmente fazem isso mesmo”.

EU TAMBÉM

QUERO!

Segundo o secretário de Meio Ambiente, Prudente tem 172 praças, e um número incalculável de canteiros, e todos estão disponibilizados para adoção. “Todos que quiserem podem solicitar. Para isso é só levar um requerimento simples até a secretaria, e assim um técnico avaliará o local e solicitará um projeto para as intervenções”, explica. Mesmo após a concessão, todos os procedimentos realizados no local, como a construção de uma horta, ou plantio de árvores, devem passar por análise da pasta.

As responsabilidades de um padrinho ou madrinha de um local público são de ajuda à administração, como na parte da fiscalização, descarte adequado de objetos e prestação de informações sobre a localidade. Portella completa que propagandas com conotação religiosa, política ou que fazem alusão a bebidas alcoólicas ou cigarros são proibidas.

Veja também