Classe artística precisa de ajuda e a sua pode fazer a diferença!

EDITORIAL - Da Redação

Data 31/07/2020
Horário 04:15

Desde que a pandemia foi decretada pela OMS (Organização Mundial da Saúde) em março, a cultura foi um dos primeiros setores a parar. Shows musicais, peças de teatro, concertos, sessões de cinema, exposições de arte, feiras agropecuárias e literárias, todas as atividades que dependem de público – da aglomeração de gente para ser sucesso – foram interrompidas, assim que o novo coronavírus chegou ao país.  
Nestes mais de quatro meses de quarentena, quantos artistas, principalmente os iniciantes ou aqueles que ainda não são tão conhecidos, não desistiram da carreira? Quantos cantores famosos não precisaram reduzir a sua equipe e dispensar funcionários, com a agenda de shows paralisada? Quantos não estão procurando outros afazeres, mesmo fora de sua área, para garantir uma renda e sustentar sua família?
E as expectativas não são animadoras para o setor. Mesmo que as coisas comecem a voltar ao normal daqui a uns meses com a tão aguardada vacina, pode levar um tempo ainda para que as pessoas se sintam seguras a frequentar lugares movimentados. Será preciso paciência, criatividade e, desde já, contar com a ajuda do próximo.
Nesta sexta-feira, por exemplo, a partir das 20h, ocorre a Live Beneficente dos Amigos, que reunirá dez artistas prudentinos. Além de promover entretenimento à população, com a boa música, a iniciativa, promovida pela Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), em parceria com a Prefeitura e o Seu Bastião Pub, visa arrecadar recursos que serão utilizados para compra de cobertores ao Fundo Social de Solidariedade. 
As doações podem ser feitas durante a transmissão dos shows - que ocorre no Facebook da Secretaria Municipal de Cultura e no canal do YouTube da casa noturna - a partir de um QR Code que será disponibilizado na live. Cada artista receberá um cachê, pela participação, cujo recurso é proveniente do Fundo Municipal de Cultura. Além de contribuir com as doações (quem puder), o público pode prestigiar, no conforto e segurança de sua casa, tudo que foi preparado.
Também nesta semana, noticiamos mais um evento que merece destaque e conta com apoio da população para ter bons resultados. Com a agenda de apresentações prejudicada, por conta da pandemia, o grupo prudentino TudoJunto resolveu inovar: está promovendo uma rifa solidária, com a venda de 400 números no valor de R$ 20 cada, e dará como prêmio um show na casa do ganhador. O sorteio está previsto para setembro e, até lá, muitos podem colaborar.
O cenário artístico segue fragilizado e passará por muitos aprendizados. Que todos tenham força, apoio e fé, para continuar lutando pelos seus sonhos! Não desistam! #vaipassar
 

Veja também