Dos 837 casos positivos, 575 pacientes estão curados da Covid-19 em Prudente

Nesta sexta, VEM confirmou mais 39 registros da doença; outros 313 exames aguardam resultados

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 03/07/2020
Horário 17:29
Arquivo - Há 46 pessoas hospitalizadas por conta da doença na cidade, sendo 11 em UTI Foto: Arquivo - Há 46 pessoas hospitalizadas por conta da doença na cidade, sendo 11 em UTI

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da VEM (Vigilância Epidemiológica Municipal), recebeu mais 218 diagnósticos de coronavírus, a Covid-19. Os resultados desta sexta-feira apontam mais 179 casos negativos e 39 positivos. Assim, a cidade contabiliza 837 confirmações da doença. Além disso, outros 313 exames aguardam resultados.

No boletim desta sexta, a VEM informa mais 211 munícipes curados, ou seja, que cumpriram os 14 dias de incubação do vírus e não apresentam mais sintomas. Dessa forma, Prudente tem 575 pessoas que já contraíram a doença e podem ser consideradas curadas.

Cabe ressaltar que, para ser considerado caso curado, é levada em consideração a estimativa do período de incubação do vírus, que é de 14 dias. Além disso, são pessoas curadas somente aquelas que seguem em domicílio ou tiveram alta hospitalar após cumprirem o período. Sendo assim, aquelas que já cumpriram os 14 dias de incubação do vírus, mas permanecem internadas, não são tidas como curadas.

Os casos confirmados de hoje estão da seguinte forma: uma na faixa etária de até 10 anos; um entre 11 e 19 anos; quatro entre 20 e 29 anos; seis entre 30 e 39 anos; 13 entre 40 e 49 anos; seis entre 50 e 59 anos; cinco entre 60 e 69 anos; dois entre 70 e 79 anos; e um entre pessoas com mais de 90 anos. No boletim desta sexta, são 14 registros em homens e outros 25 em mulheres.

Em um panorama geral, Prudente registra até o momento 3.956 notificações, das quais 2.806 são negativas, 837 positivas e outras 313 seguem aguardando resultados, incluindo um óbito. Há ainda 46 pessoas hospitalizadas, sendo 11 em UTI (Unidade de Terapia Intensiva).

Veja também