Energisa investe mais de R$ 12 mi em nova subestação de energia e linha de distribuição em PP

As duas obras devem beneficiar cerca de 25 mil clientes já em 2020; subestação ficará no bairro Jardim Humberto Salvador

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 06/07/2020
Horário 16:58
Energisa - Nova linha de distribuição de 6,4 km de extensão passará por alguns trechos da área urbana e em algumas áreas rurais Foto: Energisa - Nova linha de distribuição de 6,4 km de extensão passará por alguns trechos da área urbana e em algumas áreas rurais

Com o objetivo de garantir uma nova fonte de suprimento de energia para suportar o crescimento e desenvolvimento de Presidente Prudente, a Energisa Sul-Sudeste deu início à construção da sua quinta SE (subestação) no município: a SE Presidente Prudente 2. Paralelamente, a empresa está em fase de execução das obras da LD (linha de distribuição) de 138 mil volts. As duas obras representam um investimento de mais de R$ 12 milhões, beneficiando cerca de 25 mil clientes já em 2020.

A futura SE Presidente Prudente 2 ficará localizada no bairro Jardim Humberto Salvador, próximo ao Conjunto Habitacional Augusto de Paula. "A nova subestação será equipada com tecnologia de ponta, totalmente automatizada, o que trará maior segurança operacional e mais rapidez no restabelecimento da energia em momentos de emergência, como por exemplo, durante eventos climáticos mais intensos. Ela aumentará em 15% a capacidade energética do município, que conta atualmente com outras quatro subestações", destaca Gabriel Alves Pereira Junior, diretor-presidente da Energisa Sul-Sudeste.

A nova linha de distribuição de 6,4 km de extensão passará por alguns trechos da área urbana, pelos bairros Residencial Cremonezi, Bela Vista 1 e Brasil Novo e também em algumas áreas rurais. Ela interligará a subestação Presidente Prudente 2 ao sistema elétrico já existente no município e também as linhas de transmissão da CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista) que existem na região. Ela criará uma nova alternativa de distribuição de energia para a cidade.

"Nossa região recebe energia por algumas linhas de transmissão da CTEEP. Com essa interligação, teremos muito confiabilidade operacional. Caso algum problema aconteça na rede da CTEEP, por exemplo, estaremos prontos para atender com as nossas subestações que estarão interligas, impedindo que o nosso cliente fique por muito tempo sem energia. Será um grande reforço energético para a Presidente Prudente e também para parte do município de Álvares Machado", enfatiza Gabriel.

A obra está a todo vapor e segue as mais modernas técnicas de construção e todos os protocolos existentes na legislação ambiental e nas normas de segurança.

 

Intervenções em vias

Durante a execução das obras serão realizadas algumas intervenções em trechos das vias por onde a linha de distribuição será construída. Os locais contarão com sinalização para garantir a segurança da população e possibilitar a intervenção dos profissionais envolvidos na construção do empreendimento.

"Como se trata de uma obra de grande porte será necessário promover intervenções em algumas ruas em determinados momentos durante a fase de execução. Isso poderá gerar algum impacto de mobilidade. Desde já pedimos a compreensão dos moradores que se localizam nestes trechos. Sabemos que a rotina sofrerá algumas alterações, mas elas são necessárias para que o serviço seja realizado com segurança para quem trafega pela região e também para as equipes de trabalho envolvidas no projeto", explica Gabriel.

Durante as escavações e implantação das estruturas da LD alguns guindastes e caminhões de grande porte irão ocupar momentaneamente algumas ruas. Para reduzir o impacto, a empresa irá programar com a Semob (Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana) os horários de interrupção ou desvio do trânsito em cada local e, sempre que necessário, a distribuidora irá proceder avisos antecipados à população.

"Em breve a população de Presidente Prudente contará com uma melhora significativa no serviço de distribuição de energia e o sacrifício momentâneo valerá a pena", esclarece Gabriel. Os moradores que residem nas proximidades do local que a LD será erguida, receberão todas as informações pertinentes ao empreendimento.

Veja também