Estratégia eleitoral

Homéro Ferreira

COLUNA - Homéro Ferreira

Data 07/04/2022
Horário 04:29

No rastro do presidente Jair Bolsonaro, o empresário prudentino e que foi candidato a prefeito pelo PSL nas eleições de 2020, Guilherme Piai, ingressou no PL no final de 2021. Agora, por estratégia eleitoral, fez nova troca: ingressou no PRB.

RELAÇÃO DE AFINIDADE
Sua nova opção está atrelada à recente filiação de Tarcísio de Freitas no PRB e que até então foi ministro da Infraestrutura. Agora é o provável candidato bolsonarista ao governo de São Paulo.  

PARA BASTANTE GENTE
Guilherme está definindo um grande salão para receber Tarcísio em Prudente, no dia 14 de maio (e não abril como noticiado ontem) no Encontro Regional dos Republicanos, sendo que o 1º ocorreu dia 26 de fevereiro em Taubaté, na região do Vale do Paraíba.

PELO MENOS 2 DEZENAS
Em Taubaté estiveram o presidente nacional do partido, o deputado federal Marcos Pereira, e o presidente estadual Sérgio Fontellas, o qual disse que a meta nas eleições de 2022 é eleger pelo menos10 deputados estaduais e 10 deputados federais.

PROJEÇÃO OTIMISTA 
A intenção de Guilherme é ser candidato e estar entre os 10 federais eleitos. Depois de Taubaté, outros encontros já ocorreram em Ribeirão Preto, Sorocaba e Limeira. Antes de Prudente, será realizado o de São José no Rio Preto no sábado desta semana. 

PRIMEIRA PARTICIPAÇÃO
Tarcísio filiou-se ao PRB no dia 28 de março, cinco dias depois de ter estado dia 23 em Rio Preto, onde participou de encontro de empresários. Tudo indica que sua primeira participação nos encontros regionais do partido será em Prudente.

LEI DESPREZADA
Tentativa de abuso sexual infantil registrada em escola da rede municipal, conforme está no noticiário geral, poderia ter sido inibida ou feita a identificação do autor do crime caso tivesse sido colocada em prática a lei de instalação de câmeras nas escolas. 

DUAS NO MÍNIMO 
Lei dos vereadores da 17ª Legislatura, publicada no final de 2017 e que previa no mínimo duas câmeras em cada escola, para registros permanentes nas áreas de acesso e de maior visão das instalações internas.

DINHEIRO DESTINADO
Para o orçamento municipal de 2018, os 13 vereadores destinaram a transferência de R$ 1,6 milhão do orçamento da Câmara Municipal para execução da lei. Portanto, assumiram os custos da implantação do sistema de monitoramento.

FEITO REMANEJAMENTO
Como a destinação do recurso não foi por emenda impositiva, medida que ainda não existia, o dinheiro foi remanejado para outros gastos que, possivelmente, a administração do prefeito Nelson Roberto Bugalho (então do PTB) deve ter entendido como prioridade.

CUSTEIO DA MÁQUINA
Em 2019, em resposta à solicitação de informação através de requerimento à Secretaria de Finanças, foi dito que o R$ 1,6 milhão foi utilizado como custeio da máquina administrativa em virtude da Secretaria da Educação não ter feito o pedido de licitação.

QUALQUER MOMENTO
Fato é que a lei existe. É de nº 9.514/2017 e pode ser aplicada nas escolas a qualquer momento pela atual administração, a do prefeito Ed Thomas (PSB); desde que tenha recursos financeiros. 

Veja também