Homem recebe multa de R$ 159,4 mil por atear fogo em vegetação em Tarabai

Polícia Ambiental lavrou três autos de infração por danos em propriedade agropastoril e por dificultar regeneração natural em área protegida

REGIÃO - DA REDAÇÃO

Data 31/07/2021
Horário 09:55
Foto: Polícia Militar Ambiental
Focos de incêndio atingiram áreas agropastoris e de preservação permanente
Focos de incêndio atingiram áreas agropastoris e de preservação permanente

A Polícia Militar Ambiental autuou um homem em R$ 159,4 mil por atear fogo em áreas agropastoris e de preservação permanente em Tarabai.

De acordo com a corporação, uma equipe verificou, nesta sexta-feira, as queimadas realizadas em duas fazendas da cidade. No dia 22 de julho, agentes já haviam apreendido um indivíduo, que confirmou que praticou o delito para queimar uma suposta cobra que estava na vegetação.

Na ocasião, o foco de incêndio atingiu 3,82 hectares de área de preservação permanente de uma fazenda, bem como 40,7 hectares de pastagem/cultivo de cana colhida, e 90,12 hectares de pastagem/cultivo de cana colhida de outra propriedade.

Diante da conduta, foram lavrados três autos de infração ambiental por atear fogo em área agropastoril e por dificultar regeneração natural em área especialmente protegida, totalizando multa de R$ 159.470.

Veja também