Jiujiteiros de Prudente e região  se destacam em Catanduva

Circuito Interior: Gêmeos Barros foram ouro, Lukão trouxe 2 amarelinhas e depois de algum tempo sem lutar, o tricampeão brasileiro, Ari Perdomo Leite, conquistou 1º e 2º lugares

Esportes - OSLAINE SILVA

Data 25/10/2021
Horário 21:52
Foto: Cedida
Família sempre unida: os gêmeos com o papai campeão e a mamãe Barros
Família sempre unida: os gêmeos com o papai campeão e a mamãe Barros

Vários atletas de Presidente Prudente e região participaram no fim de semana de mais uma etapa do Circuito Interior de Jiu-Jitsu na cidade de Catanduva (SP). E não poderia ser diferente, porque aonde essa galera vai sempre volta com bons resultados.
Os gêmeos prudentinos voltaram mais uma vez cada um com sua medalha de ouro em suas respectivas categorias. Mas desta vez, numa condição que não agradou os pequenos campeões. Segundo o pai dos garotos, Amauri Cesar de Barros Morais, Ygor Santos Barros Moraes foi campeão infantil B até 54 kg, e Yuri Santos Barros Moraes campeão Infantil B até 59 kg, por W.O, pois os oponentes dos meninos não compareceram para a disputa.
“Infelizmente não foi do jeito que eles mais gostam, lutando. Porém, como já estávamos lá, fizeram o que mais gostam, e tiveram algumas lutas combinadas com vários competidores. E foram lutas duríssimas. Agradecemos a Deus em primeiro lugar, nossa família da Academia Almeida Jiu-Jitsu, sensei Henrique Ramos, Associação Bushido de Judô Sensei Paulo Cesar (PC), nossos colegas de treino e os demais”, expõe orgulhoso o pai, que também trouxe a sua medalha de ouro lutando na categoria Master 4, faixa roxa, acima de 95kg, ressaltando todo apoio a este jornal por sempre divulgar o trabalho dos atletas, aos colaboradores Colégio Esquema Único, Lanche Tonho da Calabresa, Senpai Kimonos de São Paulo e Revolução Contábil do Estado de Goiás, e a Semepp (Secretaria Municipal de Esportes de Presidente Prudente). “Sem essas pessoas nada disto seria possível”, completa Amauri. 
Maria Eduarda Souza Sana e Alexandre de Osti Buose, atletas da Almeida JJ, também garantiram suas medalhas. Ela pelo juvenil, faixa branca até 60 kg, foi ouro. E ele master 1, faixa branca absoluto, prata.

Superando a dor, ele está de volta!

Após um ano sem lutar, depois da morte de sua amada esposa Ane Martins, vítima da Covid-19, considerando-se totalmente fora de ritmo, de Álvares Machado, o tricampeão brasileiro Ari Perdomo Leite, da equipe M4bjj, professor Fagner Tateisi, retornou aos campeonatos no domingo sendo campeão na categoria até 95 kg e vice-campeão no Absoluto. 
“Foi doloroso me preparar. Viajar. E não ter o apoio que tinha dela. Mas... Obtive um ótimo resultado. E vou focar no Mundial, no Ginásio do Ibirapuera [SP] de 25 a 28 de novembro, para dedicar a ela minha conquista! Obrigado a todos e parabéns à equipe”, expôs Ari. 

Da Heal Fit, mais 2 ouros

Lucas Costa Ribeiro, ou Lukão, como é conhecido pelos amigos da Academia Heal Fit, fechou mais um fim de semana com excelentes resultados também. O lutador foi campeão na categoria master acima de 95 kg e no absoluto. 
Ele postou em seu Instagram que “devagar, com muito trabalho e dedicação, os resultados vão aparecendo. Vamos conquistando o lugar mais alto no pódio. Gostaria de agradecer primeiramente a Deus, e a todos os envolvidos. E à torcida de cada um de vocês que nos fortalece muito!”, agradeceu Lukão. 

Fotos: Cedidas

Retorno do tricampeão brasileiro, Ari Perdomo Leite e a equipe M4bjj


Lutador Lukão foi campeão na categoria master acima de 95 kg e no absoluto

Veja também