Live oficializa lançamento do “Projeto Biogás Cocal”

Encontro virtual ocorreu no início da noite de ontem e apresentou os detalhes do projeto em andamento na região e que é pioneiro no país

PRUDENTE - GABRIEL BUOSI

Data 16/10/2020
Horário 09:28
Reprodução - Narandiba, Prudente e Pirapozinho serão os primeiros abastecidos com biometano na região Reprodução - Narandiba, Prudente e Pirapozinho serão os primeiros abastecidos com biometano na região Imagem: Reprodução - Narandiba, Prudente e Pirapozinho serão os primeiros abastecidos com biometano na região

O Ciesp/Depar (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo/Departamento de Ação Regional) realizou no início da noite de ontem uma live de lançamento do “Projeto Biogás Cocal”, com o tema “Biogás - sustentabilidade ambiental e financeira para Presidente Prudente. No encontro virtual, foram apresentados os detalhes dessa iniciativa que é pioneira na região, e que será desenvolvida na unidade de Narandiba da Usina Cocal.

 

Na live, a empresa apresentou, por exemplo, o comprometimento com o desenvolvimento regional e demonstrou como o novo negócio, de fato, poderá trazer impactos relevantes para a promoção de tal desenvolvimento. Na parte de motivação do projeto, o grupo abordou a tecnologia disponível para a produção durante o ano todo; a demanda de biogás na região de Presidente Prudente; o Programa RenovaBio com incentivo à redução de emissão de CO²; o consumo de 30 milhões de litros de diesel por safra na Cocal; e a oportunidade de venda de energia elétrica via Geração Distribuída.

Já no que diz respeito aos objetivos da ação foi mencionada, por exemplo, a produção de biogás a partir de resíduos da usina de cana-de-açúcar; o fornecimento de biometano no gasoduto do projeto Cidades Sustentáveis da GasBrasiliano e substituição do diesel utilizado na safra por biometano.

“Os resíduos de cana-de-açúcar são comprovadamente a melhor fonte de matéria-prima, devido a sua disponibilidade e eficiência”, afirmou a empresa sobre o potencial do setor sucroenergético. As obras do projeto iniciaram em fevereiro deste ano e hoje estão praticamente 65% já concluídas.

Energia Renovável

Na Usina Cocal, conforme noticiado por este diário, será produzido o volume de 33,5 milhões Nm3 de biogás. A partir dessa produção serão exportados 33,3 mil MWh/ano de energia e 8,9 milhões de Nm3 de biometano – aproximadamente 24 mil Nm3/dia. Os municípios de Narandiba, Presidente Prudente e Pirapozinho serão os primeiros abastecidos com biometano na região. 

O insumo atenderá indústrias, comércios, residências e veículos leves e pesados (GNV - gás natural veicular) dos municípios. Segundo a empresa, a implantação da nova planta industrial ocorre de acordo com o planejado, e a previsão de partida é abril/maio de 2021.

 

Encontro virtual ocorreu no início da noite de ontem

 

 

 

Veja também