Mais de volta

Homéro Ferreira

COLUNA - HOMERO FERREIRA

Data 19/06/2021
Horário 05:48

Dia desses o Plantão noticiou que a Prefeitura tinha recontratado alguns dos demitidos poucos dias antes por Adin (Ação Direta de Inconstitucionalidade) do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo). E recontratação voltou a ocorrer.

QUAL MOTIVO
Então, foi perguntado ao secretário municipal de Administração, Donizete Veloso, qual o motivo. A explicação é de que o próprio Tribunal atendeu pedido da Prefeitura e autorizou recontratar 13 dos 35 comissionados demitidos.

PERÍODO CRÍTICO
O pedido decorreu do momento crítico provocado pela pandemia do coronvaírus. O Tribunal solicitou informações e indicações de quais cargos seriam importantes para não comprometer o trabalho de combate à pandemia.

PEDIDO DEFERIDO
A Prefeitura apresentou os 13 cargos, sendo maior parte nas áreas da saúde, educação e serviço social. O pedido foi deferido com a concessão de mais 90 dias ou o até o julgamento dos recursos para que os cargos sejam definitivamente extintos.

DECISÃO JURÍDICA
A Adin extinguiu 50 cargos, dos quais 35 estavam preenchidos e, portanto, 15 vagos. Sendo assim, os 35 foram exonerados, para cumprir imediatamente a determinação. Ao mesmo tempo, foi feito o pedido de recontratar 13 essenciais para o momento.

FOTO DA SEMANA
Se o Plantão usasse ilustração fotográfica e tivesse uma sessão tipo foto da semana, a desta semana seria a do presidente Jair Bolsonaro com a reprodução da capa de O Imparcial, edição de quinta-feira, para falar sobre credenciamento de hospital.

RÁPIDO E LIGEIRO
Foi sobre o HRCPP (Hospital Regional do Câncer de Presidente Prudente) em relação ao SUS (Sistema Único de Saúde), sendo que em sua fala disse ter atendido rapidamente o pedido, sem a negociação que, conforme ele, era praxe em outros governos.

EXTRA, EXTRA
Às 14h de hoje tem reunião extraordinária do Comucpp (Conselho Municipal de Cultura de Presidente Prudente) para apreciar e votar o edital do projeto Cultura e Arte por toda parte. Transmissão pelo YouTube na página da Secretaria de Cultura.

PODE OU NÃO
Sem querer ensinar o padre nosso ao vigário, o Plantão sugere que em publicação de convocação da extraordinária no Diário Oficial não use a expressão “aprovação do edital”, ainda que tudo indique isso; mas fato é que pode ser aprovado ou não.

NÚMERO EXPRESSIVO
Na inauguração do escritório regional da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) em Prudente, foi apresentado o número exato de municípios a serem atendidos: 281. Até então, as informações que chegavam à mídia falavam em mais de 200.

OS DEPUTADOS
Prestigiaram a inauguração do escritório da Funasa em Prudente os deputados estaduais Ricardo Madalena (PL) e Janaína Paschoal (PSL) e o deputado federal Enrico Mesasi (PV). Foi notada a ausência do deputado estadual Mauro Bragato (PSDB).

FORA DE PRUDENTE
A ausência de Bragato foi justificada ao prefeito de Prudente e presidente da Unipontal (União dos Municípios do Pontal do Paranapanema), Ed Thomas (PSB), por ter compromisso em Assis; sendo representado pelos irmãos Portella: Edson e Wilson.

Veja também