Missa de 7º dia de Milton Pennacchi será celebrada no sábado

Com início às 17h, no Espaço Toledo, cerimônia drive-in será aberta para todo o público; empresário faleceu no domingo, vítima de insuficiência respiratória

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 24/09/2020
Horário 15:34
Cedida - Empresário era diretor presidente da Associação Educacional Toledo Cedida - Empresário era diretor presidente da Associação Educacional Toledo Imagem: Cedida - Empresário era diretor presidente da Associação Educacional Toledo

A missa de sétimo dia do diretor presidente da Associação Educacional Toledo, Milton Pennacchi, ocorrerá neste sábado, às 17h, no estacionamento do Espaço Toledo, em Presidente Prudente. Com o objetivo de respeitar todos os protocolos de segurança, priorizar a saúde e evitar aglomerações, os convidados poderão acompanhar a missa dos seus próprios veículos. A celebração também será transmitida pelo canal do Youtube da Toledo Prudente (youtube.com/user/toledopresprudente).

Aos 88 anos, Milton Pennacchi faleceu no último domingo, vítima de insuficiência respiratória. A despedida, em formato drive thru, ocorreu no Espaço Toledo e contou com a presença de familiares, amigos e colaboradores do centro universitário. O corpo foi sepultado no mesmo dia, no Cemitério Municipal Campal.

Natural de Ouro Fino, Minas Gerais, Milton Pennacchi nasceu em 9 de maio de 1932. Aos 16 anos, conheceu Marlene de Toledo, que na época tinha 14 anos. Após sete anos de namoro, eles se casaram na mesma cidade.

Início de um sonho

Conhecidos do Doutor Toledo o procuraram, por saber que ele era um grande educador, e apontaram a necessidade em construir uma instituição de ensino superior em Prudente. Foi então que ele visitou a cidade para conhecê-la.

Amauri Toledo, irmão de dona de Marlene, era responsável pela Escola de Engenharia de Lins (SP) e convidou Milton Pennacchi, em 1959, para trabalhar na instituição. Em um dia de conversa entre cunhados, Amauri disse: "meu pai acha que vai mudar sua vida". Foi então que Doutor Toledo fez a proposta para que o jovem Milton estivesse à frente da Instituição Toledo de Ensino de Presidente Prudente, que já estava em obras.

O convite veio pois Doutor Toledo o observava e sabia da responsabilidade e capacidade do jovem nos negócios.

A concretização

Milton Pennacchi e Marlene de Toledo Pennacchi chegaram em Presidente Prudente com quatro filhos: Andreia, Angela, Antonio e Maria do Carmo. Na época, o município tinha cerca de 70 mil habitantes e estava em expansão. A família passou na morar na Vila Maristela. Ao longo dos anos, chegaram mais dois filhos: Maria Inês e Zelly Fernanda.

O Parque Furquim, onde foi instalada a instituição de ensino, tratava-se de um bairro calmo, tranquilo e com poucas casas. Marlene estava à frente como secretária geral. Já Milton fazia questão de ressaltar que realizava “de tudo um pouco”, desde receber um aluno na secretaria até realizar as contratações e buscar entender as solicitações do MEC (Ministério da Educação).

O primeiro curso, Direito, iniciou em 13 de maio de 1961. Na época, era uma sala em um prédio do Estado na Vila Liberdade. Depois, em 1962, com quatro salas e 121 alunos, transferiram-se para onde é a Toledo Prudente atualmente, pois as obras tinham sido concluídas.

Milton sempre fez questão de expor todo o carinho e agradecimento a Presidente Prudente. Ele contava que abraçou o sonho de seu sogro em, por meio da educação, construir grandes e competentes profissionais, o que o motivou ao longo de toda a sua administração da Toledo Prudente.

O empreendedor deixou um legado, pois assim como sempre falou, “ninguém faz na sozinho”.

Veja também