Moradores do João Domingos propõem melhorias ao bairro

Em encontro, participantes reivindicaram mais segurança no trânsito, linhas de ônibus, reforço na limpeza pública, além de ampliação do horário de atendimento dos postos de saúde

PRUDENTE - Da Redação

Data 23/11/2017
Horário 11:28

A convite do MPE (Ministério Público Estadual), cerca de 200 moradores do Conjunto Habitacional João Domingos Netto, em Presidente Prudente, reuniram-se terça-feira, na Escola Municipal Sylvia Marlene Pereira Faustino, para propor melhorias ao bairro. Durante o debate, a população reivindicou melhorias em segurança no trânsito, mais linhas de ônibus, reforço na limpeza pública, ampliação do horário de atendimento dos postos de saúde, entre outros pedidos.

Trata-se do projeto Escuta Social, que visa proporcionar o diálogo entre o gestor público e a comunidade, “ajudando a formar cidadãos de bem, comprometidos com a sociedade”. Os promotores de Justiça Mário Coimbra e André Felício presidiram o evento, acompanhado do representante da Defensoria Pública de Presidente Prudente, Matheus Assad João. O órgão ministerial anotou todas as queixas e encaminhará ao Poder Executivo, para verificar a viabilidade de atendê-las.

Participaram da reunião o chefe de gabinete da Prefeitura, Feiz Abbud, e representantes das pastas municipais de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública, Saúde, Esportes, Desenvolvimento Econômico, Assistência Social, Comunicação, Meio Ambiente, Obras e Assuntos Especiais.

 

Demandas sociais

De acordo com o MPE, o projeto é um instrumento que atende ao objetivo de identificar e enfrentar as principais demandas sociais e de políticas públicas nos municípios, por meio da consulta à sociedade civil, movimentos sociais, profissionais e outros. No João Domingos Netto, o foco foi destacar questões relacionadas à ausência de equipamentos e de políticas públicas eficazes, direcionadas àquele território.

Com Secretaria Municipal de Comunicação

Veja também