Mortes por acidentes de trânsito têm queda de 68,9% em Prudente, diz Semav

Secretaria informa que nova ferramenta deve colaborar com trabalhos, que visam evitar óbitos nas vias do município

PRUDENTE - MELLINA DOMINATO

Data 08/12/2016
Horário 09:49


Para auxiliar os municípios a desenvolverem planos preventivos de acidentes de trânsito, o governo do Estado de São Paulo lançou ontem o Infomapa, ferramenta que promove o mapeamento das ocorrências com óbito, cujos dados serão atualizados mensalmente. O georreferenciamento vai complementar o Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo). Ambas as ferramentas são do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito e apontam os pontos mais críticos de cada cidade, bem como o perfil das vítimas, entre outras informações. O titular da Semav (Secretaria Municipal de Assuntos Viários e Cooperação em Segurança Pública) de Presidente Prudente, Oswaldo de Oliveira Bosquet, pontua que o Infosiga já é utilizado pela administração municipal, o que deve ocorrer também com o Infomapa. Isso para contribuir ainda mais com o recuo no número de mortes, como o registrado na cidade nos nove primeiros meses do ano, quando os óbitos decorrentes de acidentes de trânsito foram de 45, em 2015, para 14, em 2016, o que representa uma queda de 68,9%.

"Isso quer dizer que foram 31 mortes a menos em Prudente na comparação entre os dois anos. Estes dados já constam no Infosiga e demonstram que o sistema de controle de velocidade implantado na cidade, embora alvo de reclamação, tem apresentado um resultado infinitamente válido", avalia Bosquet. Relata que, a partir do lançamento do Infomapa, a ferramenta deve ser incorporada pela pasta, que vai utilizar o georreferenciamento como base para verificar as características dos locais dos acidentes com mortes, aperfeiçoando um trabalho que já é feito pela Semav. Atualmente, segundo o secretário, Prudente conta com 211 mil veículos emplacados, além de 40 mil veículos com placas de fora que "residem" no município.

 

Infomapa


Segundo a Assessoria de Comunicação do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito - programa do governo estadual, que reúne dez secretarias e órgãos vinculados, além da iniciativa privada -, a exemplo do Infosiga, que foi lançado em fevereiro deste ano para quantificar os acidentes e óbitos decorrentes de acidentes de trânsito, o mapeamento possibilitado pelo Infomapa também será atualizado mensalmente, o que traz ao sistema um ineditismo mundial em termos de periodicidade de publicação. "As informações poderão ser filtradas por ano, mês, município e meio de locomoção da vítima. Ao clicar o ícone no mapa , os cidadãos e gestores públicos poderão ter acesso a outros dados da vítima, tais como faixa etária e sexo, além da data do óbito e do tipo de acidente e turno da ocorrência", destaca.

Ou seja, enquanto o Infosiga é um banco de dados com informações sobre acidentes de trânsito, o Infomapa faz o mapeamento destes casos que resultaram em óbito. Os dados referentes a óbitos, conforme o programa, são enviados mensalmente pela SSP (Secretaria de Segurança Pública), obtidos por meio de extração do sistema RDO (Registro de Ocorrências) utilizado pela Polícia Civil, para elaboração de boletins de ocorrência em todo o Estado. Os registros são analisados pela equipe do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, selecionando apenas os que foram identificados como sendo relativos a acidentes de trânsito. Em seguida são tabulados e, como resultado, são obtidas as variáveis contidas nos relatórios do Infosiga. Por último, uma auditoria é realizada para retificar a identificação como acidente de trânsito e os dados tabulados.

 

SAIBA MAIS


O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito é um programa do governo paulista que tem como principal objetivo reduzir pela metade os óbitos no trânsito, no Estado, até 2020. Inspirado na "Década de Ação pela Segurança no Trânsito" estabelecida pela ONU (Organização das Nações Unidas) para o período de 2011 a 2020, o comitê gestor do programa, coordenado pela Secretaria de Governo, é composto por mais nove pastas de Estado: Casa Civil, Segurança Pública, Logística e Transportes, Saúde, Direitos da Pessoa com Deficiência, Educação, Transportes Metropolitanos, Planejamento e Gestão, Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação. Elas são responsáveis por construir um conjunto de políticas públicas para redução de vítimas de acidentes de trânsito. O movimento ocorre também com o envolvimento da sociedade civil, parceria estratégica do CLP (Centro de Liderança Pública), e com o apoio de empresas privadas.

 

Veja também