Novo ano: perder peso é umas das metas das pessoas

De acordo com endocrinologista, manter a constância é mais importante que a perfeição

Saúde & Bem Estar - OSLAINE SILVA

Data 19/01/2021
Horário 08:29
Foto: AI do AMEPP
Aline diz que a obesidade e o mercado de “promessas milagrosas”, que não funcionam, vêm aumentando
Aline diz que a obesidade e o mercado de “promessas milagrosas”, que não funcionam, vêm aumentando

Com a chegada de um novo ano, mais motivadas e com o desejo de começar com o pé direito, as pessoas normalmente estabelecem uma série de metas para cumprir nos 12 meses seguintes, entre elas, o emagrecimento sempre aparece nas listas. Pensando nisso, a reportagem foi em busca de uma profissional expert no assunto para dar orientações para quem quer começar o ano perdendo peso sem deixar de lado a saúde e o bem-estar. A endocrinologista Aline Barbosa Silva Ribeiro, que atua no AME (Ambulatório Médico de Especialidades) “Doutor Antônio Carlos Fontoura da Silva”, gerenciado pela Associação Lar São Francisco de Assis na Providência de Deus, em Presidente Prudente, diz que, realmente, “a ‘virada de ano’ nos traz um sentimento de renovação, nos motiva a traçar novas metas e, para muitas pessoas, a perda de peso é uma delas”. “Além disso, estamos no verão, com dias mais quentes e longos, facilitando comermos menos e gastarmos mais energia. A capacidade de mudança está em cada um de nós, dê o primeiro passo!”, expõe a endócrino, explicando que a obesidade é uma doença complexa, que envolve fatores genéticos, biológicos, hormonais, emocionais e comportamentais.
“Não existe um único caminho para a perda de peso, o tratamento deve ser individualizado, portanto, é essencial buscar bons profissionais que possam auxiliar neste processo”, acrescenta a médica. De acordo com Aline, não existe o momento perfeito para buscar qualquer mudança. A dica é começar com o que tem disponível neste momento. Por exemplo, se não pode ir à academia, que tal fazer uma caminhada? Não precisa ir ao mercado e fazer “uma compra” para iniciar uma “dieta”. 
“Veja o que tem disponível na geladeira/armário hoje e reduza as quantidades, escolha alimentos menos calóricos para consumir. Isso já é uma mudança. Buscar outras distrações, prazeres além da comida também ajuda. Em todo o caminho, foque no que você está conseguindo fazer e não no que ainda não conseguiu. No processo da perda de peso, manter a constância é mais importante que a perfeição”, pontua a profissional.

"Promessas milagrosas"

Aline destaca que nenhum alimento “engorda” ou “emagrece”. “O que contribui para a perda de peso é o déficit calórico final. Poder fazer escolhas, ter uma alimentação saudável ajuda na perda de peso, melhora o bem-estar e traz mais energia. A atividade física é a maneira mais eficaz de ‘acelerar o metabolismo’, além de ajudar no controle do apetite, melhora o humor, melhora a saúde cardiovascular, também garante mais energia e disposição”, frisa.
Ela explica que a palavra “dieta” vem do grego “diaítas” que significa “modo de vida”, logo dieta vai muito além de restrições exageradas, sacrifícios insustentáveis, com prejuízos à saúde. “A obesidade vem aumentando expressivamente e junto com ela um mercado de ‘promessas milagrosas’, que, na verdade, não funcionam. Na perda e manutenção do peso perdido, temos que sempre nos questionar: conseguirei manter essa ‘dieta’ como um novo estilo de vida? Se não, nem comece, pois só trará frustrações”, aconselha. 

Quer emagrecer com saúde? Pergunte-se

- Quais são as suas razões para emagrecer?
- Se você fosse um profissional ajudando alguém a emagrecer, quais dicas daria a esse paciente?
- Trace pequenas metas de mudanças e não de resultados, pois cada um tem uma velocidade de perda de peso e não é possível prever qual será o seu resultado.
- Observe quais os benefícios está adquirindo com as mudanças além do peso na balança.
- Procure olhar os rótulos dos alimentos, escolher os menos calóricos, aumentar a ingestão de vegetais e reduzir o consumo de industrializados.
- Fazer do açúcar uma exceção na alimentação.
- Aumentar a ingestão de água.
- Praticar qualquer atividade física.
- Praticar a gratidão diariamente.
- Lembrar que a direção é mais importante que a velocidade.

Veja também