ONDE TEM CURA, TEM ESPERANÇA

REGIÃO - GRAZIELA FERNANDES

Data 19/04/2020
Horário 03:19

A semana foi marcada por uma imagem que emocionou muito a região de Presidente Prudente. Sob aplausos de parte da equipe multiprofissional do Hospital Regional de Presidente Prudente, Patrícia Ferreira Lopes, moradora de Tarabai de 42 anos, foi a primeira paciente da unidade hospitalar, com a confirmação de infecção pelo novo coronavírus a receber alta. Foram 16 dias de internação, segundo ela, dias difíceis e que fizeram com que ela percebesse como o vírus é perigoso. Para o infectologista do HR, Alexandre Portelinha, esse foi um passo importante na luta contra o novo coronavírus e traz um sentimento de esperança a todos os profissionais da linha de frente desse combate. Sim! Onde há cura, há muita esperança. Parabéns às equipes de saúde que não estão medindo esforços para cuidar das vítimas da Covid-19. Felicidades para a Patrícia, que agora pode comemorar mais esta vitória.

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS ABERTOS

Apesar da orientação da ACE (Associação Comercial) de Pirapozinho, para somente manter em funcionamento estabelecimentos considerados emergenciais por força do decreto estadual, as ruas do centro da cidade, no final de semana, estão lotadas. Durante a semana, flagramos diversos estabelecimentos com portas abertas, contrariando a medida governamental. A preocupação das autoridades de saúde é de que, com índices baixos de isolamento social, haja aumento na circulação do vírus e, consequentemente, impacto na rede de saúde, tanto pública quanto privada. Um comunicado oficial da associação comercial para a população foi emitido por meio das redes sociais, informando que as lojas estariam fechadas, mas trabalhando com sistema de delivery e drive thru. Esta medida permite que o comércio seja prestigiado, fortalecendo a economia local.

SITUAÇÃO DELICADA

Na região, os setores de varejo e serviço giram a economia. A portas fechadas, muitos comerciantes não conseguem manter seus estabelecimentos, por mais que haja alternativas como delivery ou drive thru, os custos podem inviabilizar os negócios. Estamos diante de duas frentes de sobrevivência, de saúde pública e também, econômico-social. O fato é que, na cidade de Pirapozinho, há ainda aglomeração de pessoas nas filas de bancos, lotéricas e supermercados. Por aqui, o isolamento social, perdeu muita força nos últimos dias.

ESQUECEU DA DENGUE?

Mesmo em meio à pandemia, a equipe do Departamento de Controle de Endemias de Pirapozinho está trabalhando no combate à dengue. Por meio de denúncias de moradores da cidade no Whatsapp do departamento, várias ações estão sendo realizadas para eliminar criadouros do mosquito Aedes aegypti. A cidade tem 326 casos confirmados da doença. Se você mora em Pirapozinho, pode encaminhar denúncias, solicitações ou reclamações diretamente para o Whats 18-98148-1163. O momento pede cuidados para enfrentamento da Covid-19, mas não podemos nos esquecer do Aedes aegypti que transmite, não só a dengue, mas outras arboviroses, perigosas, e este é um problema recorrente e que depende do nosso esforço para eliminar criadouros do mosquito.

SOLIDARIEDADE EM NARANDIBA

Uma ação conjunta entre a Coordenadoria de Desenvolvimento Econômico e o Fundo Social de Solidariedade da cidade produzirá 5 mil máscaras descartáveis e 100 aventais para o município de Narandiba. Os equipamentos de proteção individual serão utilizados pelos profissionais de saúde e por profissionais que se encontram em contato diário com a população. Todo o processo de produção das peças, indispensáveis para os profissionais neste momento, é supervisionado pela primeira-dama da cidade, Eliana Barbosa, que também auxilia na distribuição das peças. Segundo a administração municipal, foram distribuídas 1,6 mil máscaras, outras 1,4 mil já estão prontas. Até a próxima edição. Sigamos firmes e fortes!

Veja também