Publicidade

Pesquisa agrícola impulsiona produtividade de cana em SP

Contexto Paulista

COLUNA - Contexto Paulista

Data 05/08/2020
Horário 10:00

O canavicultor do Estado de São Paulo vai se beneficiar de melhorias agronômicas que poderão proporcionar um aumento de produtividade de até 20%.  Esse salto é alcançado quando a instalação do canavial é feita por meio do uso do sistema de MPB (Mudas Pré-Brotadas) associado ao sistema de MEIOSI, divulgado pelo IAC (Instituto Agronômico de Campinas). Segundo os técnicos, essa condição está mudando a vida do produtor de cana, não só pelo incremento na produtividade. Há também o ganho proporcionado pelo combo tecnológico MPB + MEIOSI, que torna o produtor independente em relação à escolha da variedade e à produção de mudas dessas novas variedades, mais adequadas ao seu nicho de produção. O MPB mudou o modo de plantar cana no Brasil. Como exemplo, o produtor Renato Trevizoli, que obtinha cerca de 90 toneladas em média em cinco cortes, em 2019 alcançou o patamar de 122 toneladas. Para o pesquisador Marcos Guimarães de Andrade Landell, o setor sucroenergético está diante de uma oportunidade com o avanço da biotecnologia como um todo. “Nós temos um verdadeiro pré-sal biológico, com possibilidades reais de produzir algo como 10 mil litros de etanol por hectare”, diz ele.

Vale do Paraíba: investimento

A multinacional de embalagens metálicas Ardagh Group anunciou investimento relevante em sua unidade de Jacareí para ampliar a capacidade de produção de latas. Líder mundial em soluções de embalagens sustentáveis, o aporte permitirá que a empresa aumente a produção e diversifique o portfólio. “Estou certo de que ao ampliar sua produção em São Paulo, a Ardagh enxerga o potencial de crescimento do mercado paulista e o retorno que esse investimento poderá trazer”, reagiu Wilson Mello, presidente da agência InvestSP.

Jornal de Piracicaba, 120

O Jornal de Piracicaba, da Rede APJ, completou 120 anos de fundação na segunda-feira (4 de agosto). No distante ano de 1900, num sábado, saiu a primeira edição de um dos veículos mais importantes do interior paulista. O JP foi fundado por Manoel Buarque de Macedo e Alberto da Cunha Horta com o espírito de ser independente e cheio de vivacidade. Hoje, é sinônimo da história da cidade, um narrador – observador e participativo – das conquistas da Noiva da Colina.

Na economia

  • Segundo dados do Caged divulgados pelo Ministério do Trabalho, em junho deste ano Barretos, no interior paulista, registrou um saldo positivo de 76 empregos. O setor que mais empregou foi a indústria.  
  • A Azul Linhas Aéreas Brasileiras voltou a voar para Presidente Prudente, segundo O Imparcial, da Rede APJ (Associação Paulista de Portais e Jornais). Segundo a empresa aérea, que vai operar 303 voos diários em agosto, a reativação é parte de um plano de retomada dos voos regionais. “A reabertura das cidades fortalece a conectividade e a presença doméstica da companhia, que passa a servir 80 destinos, entre capitais e cidades regionais em todo o país”, informou.

Em apoio ao café paulista

Melhorar a rentabilidade do cafeicultor, agregando produtividade e qualidade de bebida, é o objetivo de pesquisa em Garça, na região de Bauru, liderada pela APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado. Os trabalhos buscam selecionar cultivares de café adaptadas as características de solo e clima da região do Centro Oeste do Estado, que cultiva mais de 12 mil hectares de café e produz entre 600 mil a um milhão de sacas por safra.

Frase

“O café é uma bebida apreciada no mundo todo, com elevada demanda. Apesar de existirem inúmeras cultivares plantadas comercialmente, é fundamental o estudo do comportamento desses genótipos para aumentar a lista de recomendação aos cafeicultores regionais” – Adriana Novais Martins, pesquisadora da Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento de Marília da APTA.

Tecnologia paulista

A startup de biotecnologia e genética DNA Consult, de São Carlos, saiu à frente na realização de diagnósticos moleculares de Covid-19 utilizando o método PCR em tempo real e lançou o teste #SalvaVidasCovid. A forma mais comum e conhecida até agora para realizar este teste é por meio da retirada de amostras da nasofaringe, onde um longo cotonete é introduzido cerca de 15 cm através da narina do paciente suspeito. A tecnologia desenvolvida pela DNA Consult facilita o exame, possibilitando a coleta de saliva pelo próprio paciente de forma mais simples e rápida. A informação é do jornal Primeira Página, da Rede APJ.

Mogi: limpeza do Tietê

O Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Tietê aprovou projeto para a limpeza, desobstrução, desassoreamento e remoção de vegetação aquática no rio Tietê num trecho de 4,95 km, segundo O Diário de Mogi, da Rede APJ.

Reciclagem necessária

Apenas 11,7% dos 5.568 municípios brasileiros contam com sistemas de compostagem para tratamento de produtos orgânicos recicláveis, segundo o Observatório dos Lixões da CNM (Confederação Nacional de Municípios). Dez anos depois da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a reciclagem de materiais orgânicos ainda é um desafio para a maioria das cidades. 

Veja também