Precipícios D'Alma

DignaIdade

COLUNA - DignaIdade

Data 29/09/2020
Horário 06:05

“Precipícios D´Alma” (Sudden Fear) foi uma produção dos Estados Unidos em 1952 misturando drama policial noir com boas doses de suspense sob a direção de David Miller. Myra Hudson (Joan Crawford) é uma premiada roteirista teatral e herdeira multimilionária que dispensa o ator principal de uma de suas peças, Lester Blaine (Jack Palance) por não achá-lo no perfil romântico do personagem. Apesar da animosidade inicial, ambos se reencontram em uma viagem de trem onde têm oportunidade de perceber várias afinidades. Apaixonados, a princípio Lester não quer se casar com a herdeira, devido ao abismo de diferença de classes entre eles, mas Myra o convence de seu amor. Vivendo uma lua-de-mel romântica, as coisas se modificam com a chegada de Irene (Gloria Grahame), antigo caso de Lester, demonstrando o mau-caratismo e interesses do marido. Ao descobrir as mentiras do esposo, Myra vê seu mundo desabar, mas se prepara para um ardiloso plano de vingança. Excelente filme policial típico dos anos 40-50 com Jack Palance mostrando seu enorme talento e dando oportunidade a Joan de um de seus melhores desempenhos, sendo candidata ao Oscar de Melhor Atriz do Ano. 

“Roncos e obesidade”

O ronco durante o sono é sempre um problema familiar e não apenas individual. Embora, muitas vezes o ronco represente um incômodo para o próprio paciente que têm queixas de despertares frequentes, sono entrecortado e sensação de sono não reparador (alta relação com apneia do sono), ele também atinge com frequência outros membros da família, particularmente os cônjuges ou pessoas que dormem nos mesmos aposentos. No total, 40% dos adultos apresentam algum grau de ronco e este porcentual vai aumentando progressivamente com o avançar dos anos e 95% dos roncadores incomodam o sono de seus parceiros e familiares. Múltiplas causas podem contribuir com o desenvolvimento de roncos: pessoas com aumento de amídalas ou com língua volumosa têm mais risco de roncar, o formato do nariz ou mandíbula também influenciam e, principalmente, pessoas com peso extra ao redor do pescoço. Com a meia-idade se inicia um estreitamento da garganta e o tônus muscular diminui favorecendo o turbilhonamento do ar durante a respiração. Quando estamos acima do peso ou fora de forma, estes fenômenos naturais se intensificam. Mesmo que você não tenha excesso de peso em geral, o tecido adiposo ao redor do pescoço ou da garganta pode provocar maior estreitamento à passagem do ar, causando roncos. A obesidade não tem relação apenas com o ronco, mas principalmente com a apneia do sono. A apneia é um distúrbio que ocorre por conta da obstrução das vias áreas, que faz com que o paciente apresente ronco forte e irregular e acorde diversas vezes durante a noite devido à interrupção ou pausa da respiração. A gordura acumulada na garganta e no pescoço diminui o tubo respiratório e a passagem do ar, e isto é agravado pela gordura abdominal que aumenta a pressão sobre a barriga, diminuindo o espaço para o pulmão respirar. Além disso, quem tem apneia do sono diminui o metabolismo de gordura, o que contribui para aumentar ainda mais a obesidade, gerando um ciclo vicioso entre as doenças. A privação de sono também pode provocar uma alteração do padrão hormonal que controla a fome, ocasionando desequilíbrio, com aumento do apetite para alimentos com alta quantidade de carboidratos e calóricos. 

Dica da Semana

DVD – Filmes 

Coleção Greta Garbo:
Box contendo dois DVDs e quatro filmes estrelados pela atriz sueca e musa do cinema mundial Greta Garbo (1905-1991). Contém o seu grande sucesso do cinema mudo “A Carne e o Diabo” (1926) e o primeiro filme falado da atriz “Anna Christine” (1930). Completam o lançamento: “O Véu Pintado” (1934) e “Madame Walewska” (1937) onde interpreta um dos amores de Napoleão (vivido por Fredric March). Imagens digitalizadas. História do Cinema. 
 

Veja também