Prefeita de Venceslau suspende aulas presenciais na cidade

Medida vale a partir de amanhã e se estende até 14 de março, em decorrência dos agravos à saúde pública diante da crise pandêmica da Covid-19

REGIÃO - WEVERSON NASCIMENTO

Data 23/02/2021
Horário 16:40
Foto: Reprodução
Prefeita informou decisão em vídeo publicado em uma rede social
Prefeita informou decisão em vídeo publicado em uma rede social

No início tarde de hoje, a prefeita de Presidente Venceslau, Bárbara Medeiros Vilches (PV), junto a profissionais da Educação e Saúde da administração, informou a suspensão das aulas presenciais no município a partir desta quarta-feira. A decisão, segundo a chefa do Executivo, se estende até o dia 14 de março em decorrência de agravos à saúde pública diante da crise pandêmica do novo coronavírus, a fim de evitar a disseminação da doença no município.

A medida, conforme apurou a reportagem junto à Secretaria Municipal de Educação, vale para as redes municipal, estadual e particular.

Em um vídeo publicado em uma rede social, a prefeita explicou que, na última sexta-feira, uma reunião do Comitê Covid-19 do município havia decidido sobre o retorno das aulas presenciais, uma vez que o governo do Estado definiu “que ensino é essencial”. No entanto, diante dos últimos acontecimentos na região, o que inclui a falta de leitos e o alto número de óbitos em decorrência da Covid-19, a Prefeitura decidiu suspender as atividades presenciais, mantendo-as apenas de forma remota, a fim de prevenir equipe de trabalho e os estudantes de um possível contágio pela doença.

“Foi uma decisão coletiva, cada um colocou as suas preocupações e as suas necessidades. Além disso, ouvimos nossos professores e a nossa equipe de trabalho”, acrescenta Bárbara.  

A prefeita pede que a população mantenha calma e cautela, pois trata-se de uma medida de prevenção para que tudo ocorra da melhor forma. “As vacinas estão ocorrendo e, segundo informações, nós estamos alcançando bons índices de vacinação”, acrescenta.

Situação do município

A cidade com população estimada em 39.583 pessoas, segundo levantamento do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2020, conta com 61 casos suspeitos da doença, 51 mortes em decorrência do vírus, 1.369 casos já confirmados e, destes, 1.275 pessoas lutaram contra a doença e conseguiram vencê-la. 

O município concentra o terceiro maior número de mortes em decorrência da Covid-19, ficando atrás apenas de Presidente Prudente (253) e Dracena (57). Estes dados referem-se ao boletim publicado por este diário na data de hoje.

Veja também