Programa oferta teste para detecção do HIV

PRUDENTE - OSLAINE SILVA

Data 27/11/2016
Horário 11:09


Em virtude da 9ª edição da campanha da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo, "Fique Sabendo", que oferece à população testes rápidos para a detecção de HIV e sífilis, o Programa DST/Aids de Presidente Prudente, o terceiro melhor do Estado, realizou na manhã de ontem cerca de 80 exames das respectivas doenças, em uma tenda montada no calçadão da Praça Nove de Julho. Ação segue em todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e ESFs (Estratégias Saúde da Família) até 1º de dezembro, Dia Mundial de Luta Contra a Aids.

Jornal O Imparcial Cerca de 80 testes rápidos de HIV e sífilis foram feitos

De acordo com o coordenador do programa prudentino, Jefferson Antonio Saviolo, 36 anos, o objetivo principal da campanha é alertar e convencer a população sexualmente ativa que o diagnóstico precoce, principalmente do HIV é importantíssimo. Isso porque o mesmo leva até dez anos para ser diagnosticado.

"Com isso, a aceitação do paciente é melhor para o tratamento que terá de fazer. Existe uma preparação mental e física também. É muito melhor começar a se tratar antes de adoecer. O HIV está em vários segmentos, mas infelizmente, o público jovem e homossexual, entre 20 e 30 anos, cresceu muito", preocupa-se e faz o alerta.

Se por um lado o coordenador se preocupa com esse fato, por outro ele diz que a aceitação da população tem melhorado bastante. "As pessoas aprenderam a confiar nos testes rápidos, que têm a mesma confiabilidade dos exames convencionais. É rápido e simples, semelhante ao de glicemia, com apenas uma gota de sangue ou coleta de fluido oral. As amostras são analisadas no local e em 15 minutos o resultado está pronto", garante Jefferson.

O aposentado Rubens dos Santos, 75 anos, não perde uma campanha. Para ele, sua saúde vem antes de qualquer coisa. "Todos os anos eu faço os testes, graças a Deus está sempre tudo bem", salientou o aposentado.

Participando pela primeira vez, a cuidadora de idosos Márcia Alves da Fonseca aproveitou a oportunidade. "Prevenção é sempre importante. Nós que temos filhos jovens nos preocupamos muito em passar para eles os cuidados preventivos, a ‘necessidade’ do uso do preservativo nas relações, que fiquem longe das drogas. Dá muito medo", preocupa-se Márcia.

 

Alcance

O coordenador informa a população que a equipe estará nesta segunda-feira, no AME (Ambulatório Médico de Especialidades), das 8h às 11h e das 13h às 16h. Na terça, quarta e quinta-feira, o CTA (Centro de Testagem e Aconselhamento) Móvel do Programa estará estacionado no campus I da Unoeste (Universidade do Oeste Paulista), das 8h às 11h e das 13h às 16h.

A estimativa da pasta estadual é de que cerca de 250 mil testes sejam realizados em aproximadamente 590 municípios paulistas até o dia 1º de dezembro. Em Presidente Prudente, segundo informações da Secom (Secretaria Municipal de Comunicação), além de testagem em alguns locais da cidade, todas as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e ESFs (Estratégias Saúde da Família) estarão empenhadas na realização dos testes rápidos de HIV e sífilis.

Ao todo, conforme a pasta estadual, 3.917 unidades de saúde distribuídas em todo o Estado participarão da campanha. Além disso, serão realizados testes rápidos para HIV e sífilis para a população privada de liberdade em 83 penitenciárias paulistas.

 

Serviço

Para obter mais informações sobre a campanha ou consultar os locais onde é possível fazer o teste rápido, os interessados podem ligar no Disque DST/Aids 0800-162550 ou acessar o site: www.crt.saude.sp.gov.br. Em Prudente, o Programa DST/Aids fica na Avenida Coronel José Soares Marcondes, 2.357. O telefone é 3221-1366.

 

Veja também