Publicidade

Prudente recebe 50 apresentações circenses a partir de amanhã

De dentro de seus quintais, moradores de 5 pontos da cidade poderão conferir as atrações do projeto Ru Ar Circo Sobre Rodas, sempre das 15h às 17h

VARIEDADES - DA REDAÇÃO

Data 14/08/2020
Horário 07:50
Divulgação - Palhaços passarão em frente às casas levando números de malabarismo, acrobacias e perna de pau Foto: Divulgação - Palhaços passarão em frente às casas levando números de malabarismo, acrobacias e perna de pau

A Prefeitura de Presidente Prudente, por meio da Secult (Secretaria Municipal de Cultura) e em parceria com o Coletivo Cultural Galpão da Lua, realizará o projeto Ru Ar Circo Sobre Rodas, com 50 apresentações circenses em cinco pontos da cidade. A programação tem início neste sábado e domingo e segue nos dias 22, 23 e 29 deste mês.
De acordo com o cronograma, as atrações serão realizadas na seguinte ordem: amanhã, na zona leste, na região da Rua Benjamin Costant, na Vila Marcondes. No domingo, no Ana Jacinta, nas proximidades da Rua Sidney Gomes. Já no dia 22, na Cohab, próximo a Rua David Fioravante. No dia 23, entre o Conjunto Habitacional Jardim Humberto Salvador e o Brasil Novo, na região da Rua Maria Qualio. Por fim, no dia 29, será no João Domingos Netto, na Praça do Wi-fi.  Ao todo, serão dez apresentações em cada local, sempre das 15h às 17h, e, um pouco antes, das 14h às 14h30, haverá propaganda volante.

Projeto obedecerá todas as medidas de higiene e segurança necessárias para prevenção da transmissão do coronavírus

Segundo a Secult, a proposta do Ru Ar Circo Sobre Rodas é realizar apresentações circenses em diferentes ruas dos bairros de Prudente na porta da casa dos moradores, ou seja, não será necessário que o munícipe saia de dentro de seu quintal para prestigiar as atrações. Durante a propaganda volante, o carro de som fará essa orientação. Portanto, o projeto obedecerá todas as medidas de higiene e segurança necessárias para prevenção da transmissão do coronavírus, a Covid-19. 
Dessa forma, uma van com equipamentos de som estacionará em um determinado local e os palhaços passarão em frente das residências chamando os moradores para que saiam para seus quintais e assistam a números de malabarismo, acrobacias, monociclo ou perna de pau. Cada cena terá duração de dez minutos e, em seguida, os artistas seguem para outro endereço no mesmo bairro, até finalizar as 50 apresentações previstas para cada região.
“Este novo momento [de pandemia] faz com que reinventemos todas as iniciativas culturais para que consigamos levar arte e cultura à população sem colocá-la em risco, isto é, adotando os critérios de segurança e higiene contra a Covid-19”, ressalta Paulo Silvio da Costa Sanches, secretário municipal de Cultura.
 

 


 

Veja também