Setembro amarelo, o mês da visibilidade da vida!

OPINIÃO - Gabriel Carapeba

Data 02/09/2020
Horário 04:25

O mês de setembro é conhecido como o mês que buscamos falar sobre o suicídio com a intenção de preveni-lo.
No ano de 2020, em decorrência às graves consequências que a pandemia tem gerado, como a perda de entes queridos e a perda de um aporte financeiro que possa nos proporcionar uma qualidade de vida saudável, devemos, sobretudo, falar sobre um tema que tantos tentam esconder. Ter a oportunidade de falar sobre a prevenção de tirar a própria vida me deixa muito confiante em relação ao futuro da humanidade. Isso nos prova que nenhum de nós quer perder um conhecido e o único tipo de luta praticada nessa ação é a luta pela vida humana. 
Ah, se todos os outros ideais focassem apenas na implementação do amor e na preservação da vida! Ah, se nosso curto período vital se resumisse em progredir moralmente e espiritualmente! Afinal, o que são 80 anos de expectativa de vida na história da formação do planeta Terra, com aproximadamente 4,5 bilhões de anos de idade. Nossa vida é curta, mas podemos deixar raízes e contribuir com as próximas gerações. Ah, se evitássemos lutar para impor ideais! Digo nesse caso, as lutas agressivas, composta de violência verbal e física.
Desde que a existência da civilização moderna, aquela capaz de reunir pessoas desconhecidas num mesmo recinto buscando mútua evolução, seja lá qual for o objetivo da reunião, a luta sangrenta sempre foi um sinal de fim dos tempos. Todos sofrem!
Acreditada por alguns como único ponto e, decisivo para fazer valer seus ideais ou simplesmente para impor suas ideias e vontades, a luta sempre ceifou muitas vidas de pessoas que não compartilhavam o mesmo objetivo.
Hoje, em torno de 70 mil anos após a revolução cognitiva, que nos deu a habilidade para falar e nos comunicarmos, portanto sinais de civilização, continuamos lutando para impor nossos desejos.
E o que me faz pensar que a humanidade tem salvação e está progredindo? O mês de setembro! Através de uma luta pacífica, composta por palavras e pela distribuição do amor, buscamos salvar aqueles que nos cercam, impedindo que tirem a própria vida. 
Talvez, setembro seja apenas o início de um novo ideal, onde não mais lutaremos por nada, afinal, para divulgar o amor e a paz não é necessário qualquer imposição, apenas uma troca de olhares com palavras de carinho e atitudes caridosas conseguiremos salvar a humanidade.
Juntem-se a mim! Não pratiquem a guerra, não lutem! Todos nós, sem exceção, estamos cansados de divisões em nossa grande família. Nós somos todos irmãos. Nossa similaridade genética é maior que 99% entre todos os seres humanos. Amem e semeiem o amor! Colheremos a paz logo em breve! E, eu acredito na paz mundial! #Amor #Paz #PazMundial
 

Veja também