Tartaruga-aligator, cuja mordida pode quebrar ossos humanos, é encontrada em Prudente

Polícia Ambiental encaminhou espécie ao zoológico da Cidade da Criança; por ser originário das Américas do Norte e Central, animal não deveria estar na região

PRUDENTE - DA REDAÇÃO

Data 28/08/2021
Horário 10:09
Foto: Polícia Militar Ambiental
Animal chama a atenção pela força da sua mordida
Animal chama a atenção pela força da sua mordida

A Polícia Militar Ambiental encaminhou ao zoológico da Cidade da Criança, em Presidente Prudente, uma tartaruga-aligator encontrada no acostamento próximo à represa da Cica.

O animal foi localizado por um munícipe, que o levou à sede da corporação na quinta-feira.

A espécie chama a atenção principalmente pela força da sua mordida. "É uma das maiores e mais agressivas tartarugas do mundo, podendo pesar até 150 quilos. As mandíbulas da tartaruga-aligator são tão fortes que podem quebrar ossos humanos com facilidade. A força da sua mordida pode ultrapassar 600 quilos, enquanto a de um leão gira em torno dos 400 quilos", informa a polícia.

Segundo a corporação, tudo indica que o animal foi abandonado, pois é originário das Américas do Norte e Central, não podendo estar presente na região.

A tartaruga ficará aos cuidados dos profissionais do zoológico da Cidade da Criança.

O comandante da 3ª Companhia de Polícia Militar Ambiental, capitão PM Júlio César Cacciari de Moura, alerta que esse tipo de prática é crime e, se alguém tiver alguma informação sobre quem teria abandonado o animal, deve entrar em contato pelo telefone 3906-9200.

Foto: Polícia Militar Ambiental - Tartaruga ficará aos cuidados dos profissionais do zoológico da Cidade da Criança

Veja também