Cedida - Cerca de 20 gatos vivem nos arredores do shopping popular

Foto: Cedida - Cerca de 20 gatos vivem nos arredores do shopping popular

AÇÃO DO CCZ

Animais que vivem nos arredores do camelódromo serão recolhidos

  • 04/01/2020 06:12
  • WEVERSON NASCIMENTO - Da Redação

Há poucos dias antes da saída completa de todos os boxistas do camelódromo de Presidente Prudente, dois fatores ainda foram discutidos pelo poder público. Uma delas diz respeito à liminar concedida pela juíza plantonista Flávia Alves Medeiros, a pedido do Poder Executivo, que determina o desligamento do fornecimento de água e energia elétrica em todo o espaço que compreende o shopping popular, hoje, após às 15h, e outra com relação aos animais que residem no local.

Em nota, o Executivo esclarece que o desligamento da rede de energia elétrica e do fornecimento de água ocorrerá na data de hoje, às 15h, portanto, após o término do expediente comercial, justamente para não prejudicar os boxistas que, eventualmente, abrirem seu comércio.

Cabe lembrar que, a princípio, a decisão judicial pretendia que as atividades fossem encerradas na tarde de ontem, mas o prefeito Nelson Roberto Bugalho (PSDB), em contato com o promotor que acompanha o caso, determinou que houvesse tolerância até domingo para a retirada total dos boxistas, explica a Prefeitura. “É importante ressaltar também que é necessário o desligamento das redes de água e energia para viabilizar o início da obra, para que não haja risco de descarga elétrica sobre os operários, nem vazamento de água”.

ANIMAIS COMUNITÁRIOS

DO CAMELÓDROMO

Quanto ao futuro dos animais, a administração municipal informa que o CCZ (Centro de Controle de Zoonoses), em parceria com a Semea (Secretaria Municipal de Meio Ambiente), estará no camelódromo na segunda-feira, por volta das 8h15, para fazer o recolhimento dos bichinhos que vivem no local. Eles serão levados à sede do CCZ, onde serão tratados, vermifugados, medicados e, posteriormente, destinados à adoção, conforme a Prefeitura. “A administração municipal também está entrando em contato com ONGs [organizações não governamentais] dedicadas ao bem-estar animal para atuarem nesta ação de recolhimento. ONGs que queiram colaborar na ação podem entrar em contato com a Coordenadoria de Bem-Estar Animal da Secretaria de Meio Ambiente, pelo telefone: 3906-5275”.

Preocupado com a proteção animal de cerca de 20 gatos que vivem nos arredores do shopping popular, o presidente da Comissão de Defesa e Proteção Animal da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Lucas França Bressanin, encaminhou um ofício, datado em 28 de dezembro, ao presidente da Câmara Municipal de Presidente Prudente, Demerson Dias (PSB). Após tomar conhecimento da decisão do Executivo, em nota, o representante da esfera da OAB ressaltou a importância da ação. “Acompanharemos todo o desenrolar da situação e também fiscalizaremos todas as etapas, desde o resgate até o acondicionamento e tratamento destes animais, prezando sempre pela aplicação da legislação e dos protocolos existentes”.