Paulo Miguel - As irmãs Vera Sonia e Clara Helena pesquisaram preços antes da Black Friday

Foto: Paulo Miguel - As irmãs Vera Sonia e Clara Helena pesquisaram preços antes da Black Friday

Black Friday movimenta comércio de Prudente

Lojas têm estimativa de alta de 30% no faturamento; consumidores pesquisam descontos, que chegam a 70%

  • 29/11/2019 06:01
  • PEDRO SILVA - Especial para O Imparcial

Hoje é a última sexta-feira do mês de novembro, ou seja, Black Friday. Comerciantes e consumidores estão animados, e, segundo o idealizador e diretor da Black Friday no Brasil, Ricardo Bove, em Prudente, é esperada uma movimentação de R$ 8 milhões. Os descontos chegam a até 70%, e os clientes que economizaram durante o ano podem aproveitar para levar aquele item que tanto queriam com um preço mais camarada.

“Nós abastecemos os estoques para poder atender a todos, e temos descontos de até 70%”, comenta Eliana Abrile Honorio Peratelli, gerente da Magazine Luiza do calçadão de Presidente Prudente. Segundo ela, a grande aposta são as televisões. “Os celulares também são muito procurados, depois deles vêm os eletrodomésticos e a linha branca”. Não só na sexta-feira será dia de aproveitar os descontos, Eliana cita que a loja está apostando no final de semana inteiro.

“A Black Friday motiva os clientes com a divulgação da mídia”, comenta Eugênio Balan, proprietário da Mystery Rock Store. “Para nós é muito bom, porque temos um público diferente do dia a dia” e a loja, que vende de disco de vinil até vestuário geek e de música, espera ter um lucro de 30% em relação ao período normal. “Nós mantivemos um bom estoque para os comerciantes, mas nem todos os itens estarão em promoção, mas temos boas opções”, acrescenta Eugênio.

O setor de vestuário é um dos grandes beneficiados pelo dia de promoções. A gerente da Passomania do calçadão, Eliana da Silva, comenta que a loja já está com descontos desde o início da semana. “Temos produtos com desconto de 10% até 70%, e esperamos um faturamento de 30% em relação ao resto do ano”.

OPORTUNIDADE

PARA OS CLIENTES

“Estamos atrás das melhores promoções e melhores produtos”, comenta a aposentada Dirce Damaceno da Silva, que na manhã de ontem estava à procura de um novo celular, e resolveu pesquisar os descontos para comprar o aparelho pelo menor preço possível.

A professora aposentada Vera Sonia Gonçalves e sua irmã, Clara Helena Gonçalves, saíram pelas lojas do calçadão para conferir se os preços estavam realmente abaixo do normal. “Estamos pesquisando os preços e onde ele for melhor nós iremos comprar”. As duas estavam atrás de uma nova geladeira, porém, não encontraram com um desconto satisfatório - até mesmo acharam o item com o preço elevado em comparação a dias anteriores. “Nós vamos conseguir comprar o que queremos, a vendedora é maravilhosa, e está conferindo para nós uma promoção melhor ainda”. “Quando você tem o dinheiro, e paga à vista, você quer o melhor, porque você guardou e esperou um momento como esse”.

Clara, por sua vez, comenta que “nem sempre as promoções não são verdadeiras”. “Às vezes, nós ficamos na expectativa para a Black Friday, mas os preços não são aquilo que você esperava. Por exemplo, esse produto estava com outro preço aqui alguns dias atrás, de R$ 2.964, e agora está acima de R$ 3 mil, então, às vezes, não é algo confiável, infelizmente”.