Polícia Militar - Cadela Vitória foi salva pelos policiais após serem acionados para atendimento

Foto: Polícia Militar - Cadela Vitória foi salva pelos policiais após serem acionados para atendimento

SALVAMENTO

Cachorra abandonada é resgatada por policiais

Animal estava dentro de um saco plástico amarrado às margens da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo, em Tupi Paulista; gesto ganhou repercussão

  • 06/08/2019 06:47
  • ROBERTO KAWASAKI - Da Redação

Domingo, 4 de agosto. O plantão da Polícia Militar havia começado há uma hora e meia, na 4ª Companhia da Polícia Militar em Tupi Paulista. Enquanto os policiais se preparavam para mais um dia de trabalho, um cachorro abandonado se debatia dentro de um saco plástico, às margens da Rodovia General Euclides de Oliveira Figueiredo (SP-563). Foi naquela área de canavial, em que passou a maior parte da noite à mercê da umidade e das baixas temperaturas. Mas, o que o animal não esperava é que estava a poucos minutos de conquistar os corações e ganhar um novo lar. Os soldados Maílson Brito Meneghini e Rodrigo de Souza já haviam embarcado na viatura e faziam patrulhamento pelas vias, quando foram acionados por uma pessoa que disse ter encontrado um cão abandonado.

“A boca do saco plástico estava amarrada e havia uma fissura feita pelo cão para que pudesse respirar”, afirma Meneghini. Ele observou que o animal se debatia e estava agressivo pelo estado em que se encontrava. Diante daquele cenário, ele e o parceiro de trabalho conseguiram libertar o animal, e constataram que se tratava de uma fêmea. Como estava debilitada, não conseguia se levantar. Desta forma, foi acionado o Corpo de Bombeiros para prestar os primeiros atendimentos. “Foi uma ocorrência bem delicada. Em nove anos na corporação, não esperava que o salvamento fosse gerar tanta repercussão, porque foi uma atitude natural nossa como policial”, considera o soldado Meneghini.

Além do gesto da dupla, a ação do cabo Paulo Barberino marcou o salvamento da cachorrinha. Mesmo diante do frio e do vento que fazia, despiu-se de sua blusa para salvar a vida do animal. “Ao ver aquela crueldade, tirei a minha jaqueta e a cobri. O animal já estava com hipotermia e precisávamos aquecê-la até a chegada do Corpo de Bombeiros, para tomar as devidas providências”, salienta. Junto dele estava o cabo Fernando Henrique Vello Rossaneli, que adotou a cachorrinha, chamada de Vitória.

Repercussão

A atitude dos policiais, que pertencem ao 25º BPM/I (Batalhão de Polícia Militar do Interior), ganhou repercussão nacional. Tanto é que a imagem da cachorrinha com o blusa do PM se transformou em caricatura pelas mãos de uma ilustradora de Santa Catarina. De acordo com batalhão, depois de ser socorrida, Vitória foi levada a uma rede de proteção de animais, em Dracena, que a conduziu para uma clínica veterinária. A expectativa é de que a cachorrinha receba alta médica entre hoje e amanhã, para seguir ao novo lar. O estado de saúde de Vitória é considerado positivo e ela está em recuperação após o início de hipotermia.