Circo é incentivo à atividade lúdica das crianças

Espaço infantil

Celebração da data é lembrada no aniversário do palhaço brasileiro Piolin, que mostrou habilidades durante anos; psicóloga fala sobre importância do espetáculo

COLUNA - Espaço infantil

Data 28/03/2019
Horário 11:00
Reprodução/Youtube: Data é celerada em 27 de março, em alusão ao aniversário de Piolin Foto: Reprodução/Youtube: Data é celerada em 27 de março, em alusão ao aniversário de Piolin

ROBERTO KAWASAKI

Da Redação

Respeitável público, alegria, alegria! Você provavelmente já ouviu esta frase em algum momento de sua vida. Lonas, picadeiro e olhares atentos aos equilibristas que nos deixam com frio na barriga só de fazer um pequeno movimento voluntário. Celebrado ontem, dia 27 de março, o Dia Nacional do Circo foi escolhido em homenagem ao aniversário do palhaço brasileiro Abelardo Pinto (1897-1973), conhecido popularmente como Piolin. Apesar de fazer parte da cultura brasileira por muitos anos, é importante levar em conta o incentivo à atividade lúdica que esta data traz aos pequenos, uma vez que permite a maior proximidade das famílias, tanto as que assistem ao espetáculo, quanto aquelas que o fazem acontecer.

Mas engana-se quem pensa que esta comemoração passou a ser lembrada recentemente. Há 90 anos ocorreu o Festim Antropofágico, feito por artistas da Semana de Arte Moderna em homenagem a Piolin, em seu aniversário de 32 anos, segundo informações da Folhapress. Ele era considerado um grande palhaço, que se destacava pela enorme criatividade cômica e pela habilidade como ginasta e equilibrista. As peripécias do personagem prendeu a atenção de muita gente, inclusive dos pequeninos, arte que se faz presente até os dias de hoje.

Por fazer parte de uma manifestação popular acessível a todos, o circo sempre foi cultuado pelos intelectuais do país. Desta forma, a arte foi considerada um dos primeiros espetáculos a que o brasileiro teve acesso, algo que se desenvolveu e passou a trazer produções ricas no setor, inclusive, da geração de escolas de circo.

Diversão para todos

É fato que o ambiente do circo mexe com a emoção dos espectadores. Em muitas das vezes, experimentam a sensação de entusiasmo, com uma dose de superação e alegria. Dentre os diversos benefícios que a interação traz para quem frequenta os espetáculos está a possibilidade de reunião entre familiares em um momento de diversão. “Não é preciso que a criança já tenha desenvolvido um grande repertório de compreensão, pois se tratam de números cênicos em que as bases são a mímica, movimentos caricatos – exagerados, e habilidades físicas”, explica a psicóloga Mariana Rodela.

De acordo com ela, esse conjunto “incentiva a parte lúdica, pois é um tipo de espetáculo também relacionado à fantasia, imaginação”. “É como se estivéssemos entrando em outro universo, o universo das possibilidades. As crianças ficam encantadas, é quase como se vissem heróis, dadas às habilidades extremas de cada artista”, pontua a profissional. Para que o mundo da imaginação não seja esquecido pelos mais novos, a psicóloga orienta quanto aos benefícios que isso levará para a vida adulta.

“Tudo o que vivemos na infância terá interferência em outras fases da nossa vida. Portanto, quanto mais houver momentos felizes, mais risos, mais momentos de partilha com a família e amigos no decorrer da infância, maior será a possibilidade de sensação de completude”. “E o estímulo a processos lúdicos auxilia no nosso desenvolvimento, na nossa capacidade criativa, a superar barreiras”, salienta Mariana.

 

Publicidade
eixosp

Veja também