Em meio à pandemia, informação salva vidas

EDITORIAL - DA REDAÇÃO

Data 10/05/2020
Horário 04:39

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, foram muitos os comentários de que a imprensa estaria criando um pânico coletivo e contribuindo para comprometer a saúde mental da população. De fato, a grande carga de informações que recebemos todos os dias pesa, causa medo e preocupação, no entanto, as atuais circunstâncias exigem mais do que nunca a informação correta e transparente, como forma de garantir que as pessoas estejam conscientes da realidade e adotem todos os cuidados necessários no seu enfrentamento.

O jornal O Imparcial tem como seu principal dever a entrega da informação séria e de credibilidade e vem honrando o seu compromisso ao publicar diariamente os boletins epidemiológicos da Covid-19 de toda a 10ª RA (Região Administrativa) do Estado, composta por 53 municípios. Enquanto veículo de comunicação, entendemos que a disponibilização destes dados é completamente imprescindível para que o leitor esteja atualizado sobre a incidência da doença na região e saiba a importância de contribuir para a prevenção do contágio, garantindo, desta forma, que os números sejam minimizados.

Ao acompanhar o total de casos confirmados, não é o nosso interesse gerar pavor no leitor, mas garantir transparência. Num momento como este, a informação pode salvar vidas e não evidenciá-la causaria a falsa sensação de que está tudo bem, quando existe uma necessidade de intensificar as políticas sanitárias para evitar a proliferação do novo coronavírus. Sem estes números, sem a cobertura diária destes dados e do impacto da doença em todas as camadas da sociedade, desconheceríamos os reflexos devastadores da doença, que estão ocorrendo e não podem ser negados. Isso só causaria mais prejuízos para a sociedade, que, se “vivesse no escuro”, não teria os recursos necessários para de fato encontrar a luz. E nesse momento, cabe reafirmar que a informação é a luz.

Nos próximos dias, continuaremos levando a vocês, leitores, a melhor cobertura sobre o coronavírus na região, destacando casos confirmados, resultados de exames descartados e, inclusive, a notícia que mais queremos ouvir: a cura dos pacientes, que traz esperança e otimismo para a população. Numa sociedade justa e democrática, a informação deve prevalecer e nós, enquanto cidadãos, não podemos deixar de valorizá-la. Tudo isso vai passar, é importante crer. E quando isso ocorrer, este jornal estará aqui para dizer que são dias melhores e que todos nós podemos retomar as nossas vidas.

Veja também