Aline Martins:  "Quem não acredita em si mesmo não sabe o potencial que tem"

Foto: Aline Martins: "Quem não acredita em si mesmo não sabe o potencial que tem"

ENTREVISTA

Guilherme Piai: EMPRESÁRIO

“A Expo não é apenas uma feira de pecuária, mas também, e especialmente, de negócios. Nossa ideia é popularizá-la”

  • 18/07/2019 08:50
  • OSLAINE SILVA - Da Redação

Ainda um menino, ele já levava jeito para os negócios. Aos 20, 21 anos montou seu próprio restaurante em sociedade com sua tia Sonia. E hoje, aos 29, ele é um dos organizadores oficiais da Expo Prudente, juntamente com os amigos também empresários Bruno Constantino Di Colla e Renan Rochite. Estamos falando do jovem empreendedor que está dando cara nova a este evento com décadas de tradição em Presidente Prudente. Guilherme vem, com combustível refinado para acelerar esta feira que é um importante evento para gerar empregos e movimentar diversos setores da cidade, de 6 a 16 de setembro.

 

Você é um dos organizadores da Expo Prudente, que ocorre de 6 a 16 de setembro deste ano. Como começou o seu envolvimento com este tradicional evento de Presidente Prudente?

Eu já trabalho com eventos, sou empresário no ramo, na produção de vários shows, e até então apenas organizava a boate da Expo. E via que a feira tinha um potencial muito maior do que o que vinha sendo realizado. E tinha muita vontade de assumir o evento por completo. Garanto que a festa do ano passado não chega nem perto do que o que estamos organizando para este esse ano em que tive essa oportunidade de assumir. Abracei a feira junto com o Lar Santa Filomena, que faço questão de frisar.

 

Por que faz questão de expor a parceria com o Lar Santa Filomena?

Porque é uma entidade social que faz um trabalho sério e muito importante, atendendo centenas de crianças carentes. Então, quem for à exposição, não apenas vai se divertir como contribuir com a receita do lar. E isso é gratificante!

 

Que mudanças você trouxe para esta edição? Quais as principais atrações para este ano?

Estamos fazendo um trabalho muito diferente se comparado com o que foi oferecido no ano passado, por exemplo. Dentre as várias atrações, vamos citar o festival de food truck, que ao invés de ser realizado como de costume em agosto no Euromarket, será em setembro na Expo. Teremos feira de artesanato, palestras para produtor rural, parque de diversões, provas de tambor, rodeios, atrações musicais gigantescas com uma grade espetacular com grandes nomes como João Bosco & Vinicius com Yasmin Santos, Anitta, Maiara & Maraisa, Felipe Araújo, Dênis DJ.  

 

Que mudanças na Expo você já pode salientar e que o público que comparecer ao evento notará?

Primeiramente, as pessoas verão a modernização. Não é apenas uma feira de pecuária, mas também, e especialmente, de negócios. Lançamos as vendas com antecedência, desde março, com preços populares, tudo mais em conta como estacionamento, camarotes, shows, etc. Valores justos. Nossa ideia é popularizar a Expo. Estaremos trazendo mais atrativos para o evento. A Prefeitura ordenou uma série de obras reformando todo o recinto, como limpeza, pintura, asfalto novo. Será uma feira muito mais moderna estruturalmente. Área vip, camarote, por exemplo, terá piso. Na porta do evento terá um mapa completo medindo 2mx2m, de todo o recinto. Comunicação visual, entende?

 

O trabalho deve estar sendo grande...

É muito detalhe para ser trabalhado! Muito mesmo! As pessoas não têm ideia. O que é até natural, principalmente, no primeiro ano. Depois, com uma planilha completa sobre erros e acertos, acredito que se torna mais fácil. Plantaremos este ano para uma boa colheita no próximo!

 

Vamos falar um pouquinho de Guilherme Piai? Quem é Guilherme? Como você começou a se aventurar no mundo empresarial?

Quando montei meu restaurante, o Siq Grill, no Bongiovani, com minha tia Sonia Piai, eu tinha mais ou menos 20, 21 anos. Ali percebi que tinha tino para o negócio. Mas antes disso, lá quando era ainda um menino, eu fazia massagem na loja da minha mãe, vendia perfume, limpava bandejas no restaurante dela. Juntava minha mesada e investia comprando boizinhos e colocando na fazenda do meu pai. Então, desde molequinho eu gostava de trabalhar e ganhar meu próprio dinheiro.

 

Que conselho você daria para um jovem de 20 anos que tem vontade de se tornar um empreendedor, mas tem medo de arriscar, de tentar?

Primeiro, que ele encontre algo que vai fazê-lo feliz. Depois, que faça de tudo para ser o melhor no ramo. Que tenha foco porque ‘pato não nada, não voa, nem anda direito’. Ideias todo mundo tem, sucesso só consegue quem pega uma ideia e a operacionaliza com perfeição. E, principalmente, que acredite em si.

 

O que seria acreditar em si?

Quem não acredita em si mesmo não sabe o potencial que tem. As pessoas têm muito medo de arriscar, de se lançar porque não tem autoestima, autoconfiança, não se amam, não se valorizam, vivem se comparando com outras pessoas e não enxergam seu próprio valor. Isso é um erro.

 

Quer ressaltar algo que considera importante sobre a Expo 2019?

A entrada ao recinto da expo será gratuita. Apenas alguns shows serão pagos. Queremos convidar as famílias prudentinas e de toda a região para prestigiarem a Expo que vem com nova cara, abrangendo todo o tipo de negócio. A Expo movimenta, aquece a economia trazendo pessoas de fora, e a cidade de Presidente Prudente precisa disso. O desafio foi grande, o custo alto, mas entramos de cabeça para oferecer um evento digno e de qualidade. Lembrando que as empresas que quiserem estar lá expondo seus produtos não precisam pagar pelo espaço, apenas pelo seu estande. Vamos trabalhar juntos para movimentarmos a economia do nosso município.